Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Proporção macho: fêmea de embriões bovinos cultivados na presença ou ausência de glicose após FIV com espermatozóides selecionados por Swim-up ou Gradiente de Percoll / Male: female proportion of bovine embryos cultured in the presence or absence of glucose after IVF with spermatozoa selected by swim-up or Percoll Gradient

Rheingantz, Maria Gabriela Tavares; Pegoraro, Ligia Margareth Cantarelli; Dellagostin, Odir Antonio; Pimentel, Anita Mylius; Bernardi, Mari Lourdes; Deschamps, João Carlos.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 41(1): 32-39, jan.-fev. 2004. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-4942

Resumo

No sistema de PIV em bovinos, tem sido obtida uma elevada porcentagem de embriões machos. Este experimento foi realizado para determinar se a presença de glicose no meio de cultivo afeta a proporção macho:fêmea (M:F) dos embriões bovinos PIV a partir da FIV com espermatozóides preparados pelos métodos do swim-up (S) ou do gradiente de Percoll (P). Após a MIV, os COCs foram divididos em dois grupos e inseminados com espermatozóides preparados por um dos métodos. Os zigotos foram cultivados em meio com ou sem 5,56mM de glicose, totalizando 4 tratamentos: S-Gli, S+Gli, P-Gli e P+Gli e 48h após a inseminação, os embriões de cada tratamento foram submetidos à sexagem por PCR (n=845). O efeito da glicose no meio de cultivo sobre a proporção M:F dos embriões PIV a partir dos dois métodos foi semelhante (teste do c²), resultando em uma porcentagem de machos menor do que 50 por cento no estágio de 2-C (S: 30,8 por cento; P: 23,8 por cento: P<0,01) e maior do que 50 por cento no estágio de 8-C (S: 79,4 por cento; P: 68,8 por cento: P<0,01). Estas porcentagens foram diferentes (P<0,05) das observadas quando os embriões foram cultivados sem glicose, tanto no estágio de 2-C (S: 48,5 por cento; P: 41,5 por cento) como no de 8-C (S: 62,5 por cento; P: 50,8 por cento). A presença de glicose não afetou a proporção M:F no total de embriões produzidos (S: 56,7 por cento; P: 49,0 por cento), que foi semelhante à observada na ausência de glicose (S: 55,7 por cento; P: 46,2 por cento). Portanto, a glicose exacerbou a diferença na velocidade de desenvolvimento entre os embriões machos e fêmeas. (AU)
In the bovine IVP system, it has been obtained a high percentage of male embryos. This experiment was carried ou to determine if the glucose presence in the culture medium affects the sex ratio of bovine embryos IVP from the IVF with spermatozoa prepared for the swim-up (S) or Percoll gradient (P) methods. After the IVM, the COCs had been divided in two groups and inseminated with spermatozoa prepared for one of the methods. The zygotes had been cultivated in medium with or without 5.56mM of glucose, totalizing 4 treatments: S-Glu, S+Glu, P-Glu and P+Glu, and 48h post-insemination, the embryos of each treatment had been sexed for the PCR method (n=845). The effect of glucose in the culture medium on sex ratio of embryos IVP from the two methods was similar (c2 test), resulting in a percentage of males lower than 50% in the 2-C stage (S: 30.8%; P: 23.8%: P<0.01) and higher than 50% in the 8-C stage (S: 79.4%; P: 68.8%: P<0.01). These percentages were different (P<0.05) of the observed when the embryos were cultivated without glucose, as much in the 2-C stage (S: 48.5%; P: 41.5%) as in the 8-C stage (S: 62.5%; P: 50.8%). The glucose presence did not affect the sex ratio in the total of produced embryos (S: 56.7%; P: 49.0%), that was similar to the observed in the glucose absence (S: 55.7%; P: 46.2%). Therefore, the glucose exacerbated the difference in the development speed between the female and male embryos. (AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1