Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Uréia na alimentação de vacas leiteiras: concentrações de n-urêico no sangue e leite e efeitos sobre a produção de queijo / Urea in the feeding of dairy cows: concentrations of blood ureic nitrogen and milk and effect on the cheese production

Lucci, Carlos de Sousa; Panetta, José César; Peixoto Junior, Kleber Cunha; Pereira, Maria Gabriela Martins; Lima, Marianne Elen Real de; Fontolan, Valter; Valvasori, Edison.
Hig. alim.; 20(146): 70-73, nov. 2006. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-50140

Resumo

Dezesseis vacas mestiças, ordenhadas com bezerro ao pé, produzindo em média 7,0 kg de leite (não computada a porção ingerida pelo bezerro), foram empregadas em um delineamento inteiramente casualizado, para comparar níveis de nitrogênio urêico no sangue (NUS) e no leite (NUL), quando recebiam como tratamentos diferentes níveis de uréia alimentar adicionados a 2,0 kg de mistura concentrada: A) zero gramas, B=50 gramas, C=100 gramas e D=150 gramas por animal e por dia. Ao fim de 30 dias, foram colhidas amostras de leite e sangue dos animais, por quatro dias consecutivos. Os valores médios de NUL foram: 8,33; 8,43; 14,38; 17,61 mg N-urênico/dl e os de NUS: 9,77; 9,95; 16,65; 18,17 mg N-urêico/dl, respectivamente para os tratamento A, B, C e D. Ambos os valores apresentaram regressão linear aumentando com os maiores níveis de uréia nas rações. As produções dos últimos quatro dias experimentais de cada uma das vacas, foram destinadas a produção de queijo tipo Minas frescal, obtendo-se as quantidades de 1,353kg, 1,012kg, 1,,8kg e 0,966kg a parir de 10 kg de leite, respectivamente para os tratamentos A, B, C e D. Concluiu-se que quantidades crescentes de uréia na ração provoca aumentos nas concentrações de N-urêico no sangue e no leite, além de interferir negativamente nos rendimentos em queijo.(AU)
Sixteen crossbred dairy caws nursing their calves after milking, with a mean production of7.0 kg milk/ caw/ dny (not com- I puting nursed milk) were located in a complete randonmized design to study ureic nitrogen blood and milk levels under rations with different quantities of urea. Four treatments were evaluate, concern in grams of urea added to 2.0 kg/ day concentrate mixture: A) zero grams; B =50grams; C= 100 grams and D) 150grams of urea. After a 30 days experimental period, milk and blood samples were collected for four consecutive days. Average results showed N- ureic levels respectively for milk and blood: A = 5.55and 6.14; B= 8.98 and 11.98; C=10.71 and 8.34; and D) 13.72 and 15.39 mg / dl. Milk production of each cow from the last four experimental days was collected for analysis and production of cheese "minas frescal" type. Cheese production obtained from 10kg of milk were: 1.353 kg, 1.012kg, 1.008kgand 0.966kgrespeetively for A, B,C and D treatments. Increased amounts of urea in rations resulted in a linear increase of blood and milk N ureic levels and affected negatively cheese production. The high correlation between blood and milk urea levels permits the use of either one to evaluate cows nutritional conditions. (AU)
Biblioteca responsável: BR526.1
Localização: BR68.1