Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

New morphological data on Cucullanus pinnai pinnai (Nematoda) parasitizing Pimelodus maculatus (Pimelodidae) in southeastern Brazil / Novos dados morfológicos de Cucullanus pinnai pinnai (Nematoda) parasito de Pimelodus maculatus (Pimelodidae) do Sudeste do Brasil

Vieira, Vivian Suane de Freitas; Vieira, Fabiano Matos; Luque, José Luis.
R. bras. Parasitol. Vet.; 24(2): l1615, n/2015n/2015. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-50910

Resumo

This paper describes the morphology of Cucullanus pinnai pinnai parasitizing Pimelodus maculatus in the Guandu River, Brazil, based on differential interference contrast (DIC) microscopy and scanning electron microscopy (SEM), providing new morphological data about this species of parasite. Nematodes were collected between May and October 2012 from specimens of Pimelodus maculatus in the Guandu River (22°482S, 43°3735W), in the state of Rio de Janeiro, Brazil. Some characteristics of specimens of Cucullanus in this study fall within the range of morphological variations of previously studied C. pinnai pinnai. Most of the specimens studied here had excretory pore and deirids located at the posterior end of the oesophagus, a feature not recorded in previous studies of this species. In addition, the size of the gubernaculum was larger than the other specimens previously studied. The SEM and DIC analyses of C. pinnai revealed several morphological details of the cephalic region and the tail papillae. With regard to the polymorphism of C. pinnai, morphological and genetic studies of this cucullanid nematode are needed, involving large numbers of host species and a wide geographical distribution.(AU)
O presente estudo descreve a morfologia de Cucullanus pinnai pinnai, parasito de Pimelodus maculatus do Rio Guandu, RJ, Brasil, utilizando recursos de contraste diferencial por interferência (DIC) e microscopia eletrônica de varredura (MEV), fornecendo novos dados morfológicos dessa espécie de Cucullanus. Os nematoides foram coletados em Pimelodus maculatus, entre maio e outubro de 2012, no Rio Guandu (22°48'2 "S, 43°37'35" W), Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Algumas características dos espécimes de Cucullanus estudados estão de acordo com a amplitude de variação morfológica de C. pinnai pinnai previamente estudados. A posição do poro excretor e deirídeos nos C. pinnai pinnai estudados, é posterior ao final do esôfago na maioria dos espécimes, e essa característica não foi relatada previamente nesta espécie. O tamanho do gubernáculo é maior do que em outros espécimes de C. pinnai pinnai previamente estudados. As análises MEV e DIC demonstraram detalhes morfológicos da região cefálica e as papilas caudais dessa espécie. Em relação ao polimorfismo de C. pinnai pinnai, ao grande número de hospedeiros e à ampla distribuição geográfica desse cucullanídeo, será necessário um estudo que combine características genéticas e morfológicas desse parasito, com o objetivo de verificar possíveis novas espécies, especificidade de hospedeiros e localidades.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1