Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The effect of prophylactic dose of a low molecular weight heparin on skin wound healing of rats / Efeito da dose profilática de heparina de baixo peso molecular na cicatrização de feridas na pele de ratos

Oken, Ozdamar Fuad; Yildirim, Ahmet Ozgur; Gulcek, Murat; Unal, Vuslat Sema; Karakuyu, Akin; Ozlu, Korhan; Ucaner, Ahmet.
Acta cir. bras.; 24(6): 471-475, Nov.-Dec. 2009. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-5307

Resumo

PURPOSE: To investigate the effect of prophylactic dose of a low molecular weight heparin, enoxaparin, on skin wound healing of rats. METHODS: Forty rats were used for the study. Rats were randomly assigned to two equal groups. Experimental group received prophylactic dose of enoxaparin. Physiologic saline was administered to the control group. Parameters of wound healing of experimental and control groups were compared. For comparison of the groups in terms of fibrosis, vascularization, inflammation, epithelization, and tensile strength test (Newton). Mann-Whitney-U test was used because variables were categorical data (fibrosis, vascularization, inflammation and epithelization). Differences between groups were analyzed with independent samples t-test (tensile strength). Significance was set at p<0.05. RESULTS: Skin wound of the experimental group presented tensile strength significantly decreased (p<0.001), histopathologic examination revealed a significant (p<0.001) delayed epithelization and decreased in fibrosis, vascularization, inflammation (p<0.001) in the experimental group. CONCLUSION: Enoxaparin delay wound healing by decreased inflammatory cells, fibroblast contents and their products (growth factors), and by promoted hemorrhage.(AU)
OBJETIVO: Investigar o efeito de dose profilática da heparina de baixo peso molecular, enoxaparina, na cicatrização de feridas na pele de ratos. MÉTODOS: Quarenta ratos foram utilizados para o estudo. Ratos foram distribuídos aleatoriamente a dois grupos iguais. O grupo experimental recebeu profilática de enoxaparina. Solução salina fisiologica foi administrada ao grupo controle. Foram comparados parâmetros de cicatrização dos grupos experimental e controle.Os grupos foram comparados em termos de fibrose, vascularização, inflamação, epitelização e força tensil (teste de Newton). Foi realizado o teste de Mann-Whitney-U para variáveis com dados categóricos (fibrose, cicatrização, inflamação e epitelização). Diferenças entre os grupos foram analisadas como amostras independentes pelo t-teste (força tensil). Significância foi fixada para p < 0,05. RESULTADOS: A ferida do grupo experimental apresentou força tensil diminuída significativamente (p < 0,001), o exame histopatológico revelou um significativo (p < 0,001) retardo na epitelização e diminuição na fibrose, cicatrização, inflamação (p < 0,001) no grupo experimental. CONCLUSÃO: A enoxaparina retarda a cicatrização da ferida pela diminuição das células inflamatórias, pelo menor conteúdo de fibroblasto e seus produtos (fatores de crescimento) e por promover hemorragia. O grupo experimental foi incluído pela perda significativa da força tênsil no presente estudo.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1