Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeito da adição de probiótico e/ou prebiótico em dietas de leitões desmamados sobre o desempenho, incidência de diarréia e contagem de coliformes totais / Effect of dietary addition of probiotic and/or prebiotic on performance diarrhea incidence and total coliforms count of weaned pigs

Budiño, Fábio Enrique Lemos; Thomaz, Maria Cristina; Kronka, Rodolfo Nascimento; Tucci, Fernanda Marcussi; Fraga, Alessandro Luís; Scandolera, Antônio João; Huaynate, Rizal Alcides Robles; Nadai, Arnaldo; Correia, Rodrigo César.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 43(supl): 59-67, 2006. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5475

Resumo

No Experimento 1 foram utilizados 50 leitões desmamados aos 21 dias de idade, alimentados com cinco dietas: T1 - Dieta Basal; T2 - Dieta Basal + Antibiótico; T3 - Dieta Basal + Probiótico; T4 - Dieta Basal + Prebiótico; T5 - Dieta Basal + Simbiótico. As variáveis estudadas foram ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar na Fase 1 (21 a 43 dias de idade), Fase 2 (44 a 57 dias de idade) , Fase 3 (58 a 70 dias de idade) e Fase Total (21 a 70 dias de idade). Durante o período do experimento de desempenho foi conduzido um levantamento de escores fecais, com o objetivo de se verificar a incidência de diarréia. No Experimento 2, foram utilizados 44 leitões, desmamados aos 21 dias, submetidos às mesmas dietas do Experimento 1. Os leitões foram abatidos em três idades diferentes (dia do desmame, sete e 14 dias pós-desmame). Foi coletado um segmento do intestino delgado para análise de coliformes totais. Melhores resultados de desempenho foram obtidos com a utilização do prebiótico e simbiótico. Não houve diferenças em relação à incidência de diarréia entre os tratamentos estudados. A adição de probiótico e/ou prebiótico na dieta preveniu o aumento na colonização por bactérias patogênicas dos sete para os 14 dias pós-desmame.(AU)
In the Experiment 1, 50 pigs weaned at the 21 days were fed with either of five diets: T1 - basal diet; T2 - basal diet + antibiotic; T3 - basal diet + probiotic; T4 - basal diet + prebiotic; T5 - basal diet + simbiotic. The variables studied were body weight, feed intake and feed conversion in the Phase 1 (21 to 43 days), Phase 2 (44 to 57 days), Phase 3 (58 to 70 days) and Total Phase (21 to 70 days). During the performance experiment, a fecal survey score was conducted to verify diarrhea incidence. In the Experiment 2, 44 pigs weaned at 21 days were fed with the same diets of Experiment 1. Pigs were slaughtered at three differents ages (at weaning, at seven and 14 days after weaning). A segment of the small intestine was collected for analisys of total coliformes. The results showed that the best performance was obtained with the utilization of prebiotic and simbiotic. There were not differences in relation to diarrhea incidence among the treatments studied. The addition of probiotic and/or prebiotic in the diet prevented increase of colonization by pathogenic bacterias from seven to 14 days after weaning.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1