Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Frequência de problemas de equilíbrio nos cascos de cavalos crioulos em treinamento / Frequency of hoof balance problems in training crioulo horses

Canto, Leandro Schwarcke do; Corte, Flavio Desessards de La; Brass, Karin Erica; Ribeiro, Marcelo Dellazzana.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 43(4): 489-495, 2006. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5663

Resumo

O desequilíbrio dos cascos como fator causador de claudicação em cavalos atletas é bastante documentado na literatura e pode ser dividido em geométrico, dinâmico e natural. O presente estudo verificou o equilíbrio geométrico nos cascos de 97 cavalos crioulos adultos, em treinamento, em 16 estabelecimentos, para determinar a incidência de alterações nos cascos. Foram registradas nove medidas nos cascos dos membros anteriores: ângulo da pinça, circunferência na banda coronária, comprimento lateral e medial dos talões e quartos, comprimento da pinça, comprimento e largura da ranilha. As mensurações permitiram a identificação das seguintes alterações: 85 dos 97 cavalos (87.62%) apresentaram talões contraídos, 48 (49.48%) desequilíbrio médio-lateral, 23 (23.71%) ângulos dos cascos contralaterais diferentes e 11 (11.34%) tinham o eixo quebrado para trás. A incidência de ângulos dos cascos contralaterais diferentes variou entre os cinco grupos de idade (p<0.05). O ângulo do casco variou entre 45° e 58° (52.71 ± 0.15°). O comprimento médio da pinça foi 8.7 ± 0.6 cm e foi considerado excessivo para cavalos com 411.4 ± 34.80 kg de peso. A grande freqüência de alterações de casco nesta população de cavalos sugere que as práticas de casqueamento e ferrageamento adotadas devem ser revistas e melhoradas.(AU)
The role of improper hoof balance causing lameness in sport horses is well documented in the literature. Hoof balance can be divided into geometric, dynamic and natural balance. This study assessed the geometric balance of 97 adult Crioulo horses in training at 16 different training centers to determine the incidence of poor hoof conformation. Nine measurements of the hoof were taken: angle at the toe, circumference at the coronary band, lateral and medial quarter and heel length, toe length, frog length and width. From these measurements the following hoof problems could be identified: 85 out of 97 horses (87.62%) had contracted heels, 48 (49.48%) had medial to lateral hoof imbalance, 23 (23.71 %) had mismatched hoof angles and 11 (11.34%) had a broken back hoof axis. The frequency of mismatched hoof angles was different between the five age groups (p<0.05). The hoof angle varied from 45° to 58° (52.71 ± 0.15°). The average toe length was 8.7 ± 0.6 cm and was considered to be excessive for horses with 411.4 ± 34.80 Kg body weight. The high frequency of hoof abnormalities in this population of horses suggests that trimming and shoeing practices employed should be reviewed and improved.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1