Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeito da restrição alimentar pré e pós-natal sobre o crescimento dos órgãos internos de cordeiros Santa Inês / Effects of pre and postnatal nutritional restriction on visceral mass growth of Santa Ines lambs

Geraseev, L. C; Perez, J. R. O; Pedreira, B. C; Quintão, F. A; Oliveira, R. P.
Arq. bras. med. vet. zootec; 60(4): 960-969, ago. 2008. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6671

Resumo

Avaliaram-se os efeitos da restrição alimentar pré e pós-natal sobre o crescimento dos órgãos internos de cordeiros Santa Inês. Foram utilizados 68 cordeiros distribuídos em três tratamentos: restrição pré-natal (RPRE), restrição pós-natal (RPOS) e sem restrição (controle). Os animais foram abatidos ao nascimento e aos 10, 15, 25, 35 e 45kg de peso vivo. Após o abate, coração, pulmões, traquéia/esôfago, fígado, baço, pâncreas, rúmen/retículo, abomaso, omaso, intestino delgado e grosso foram retirados e pesados separadamente. A análise dos pesos dos órgãos internos dos animais abatidos ao nascimento demonstrou que a restrição pré-natal diminuiu os pesos do coração, pulmões, traquéia/esôfago, abomaso, pancrêas e baço, com médias de 54g, 16g, 22g, 16g, 2g e 5g, respectivamente. Aos 15kg, o peso dos órgãos dos animais submetidos à restrição pré-natal não diferiu dos demais, indicando crescimento compensatório desses órgãos já na fase de aleitamento. Não houve efeito da restrição sobre o peso médio dos órgãos da cavidade torácica, e na cavidade abdominal o rúmen, o intestino delgado e o fígado tiveram seus pesos reduzidos, com médias de 385g, 488g e 371g, respectivamente. Pulmões, traquéia e coração apresentaram crescimento heteregônico negativo (b<1); para a traquéia e o coração dos animais RPRE o comportamento foi isogônico (b=1). O rúmen e o omaso apresentaram crescimento heterogônico positivo (b>1), o abomaso heterogônico negativo (b<1), e os intestinos, o baço e o fígado, isogônico (b=1). O pâncreas dos animais controle e RPOS apresentou crescimento isogônico (b=1), e o dos RPRE heterogônico positivo (b>1). A restrição alimentar pré e pós-natal afetou o tamanho, as taxas de crescimento e o tipo de desenvolvimento de vários órgãos internos de cordeiros Santa Inês, evidenciando a necessidade de suplementação adequada para as fêmeas no terço final da gestação e para os cordeiros, durante a fase de crescimento.(AU)
The effects of pre and postnatal nutritional restriction on allometric growth of thoracic and abdominal organs of Santa Inês lambs were evaluated. Sixty-eight lambs were divided into three groups: lambs with prenatal nutritional restriction (PRER), lambs with postnatal nutritional restriction (POSR), and lambs without restriction (control). The lambs in each group were slaughted at birth, 10kg, 15kg, 25kg, 35kg, and 45kg of live weight. After slaughtering, heart, lungs, trachea and esophagus, liver, spleen, pancreas, rumen-reticulum, abomasum, omasum, and small and large intestines were individually weighted. At birth, PRER affected the weights of heart, lungs, trachea and esophagus, abomasum, pancreas, and spleen, with means of 54g, 16g, 22g, 16g, 2g, and 5g, respectively. However, the organs of the PRER lambs at 15kg of live weight showed the same weight of that organs of the others animals, indicating a compensatory growth. POSR did not affect the weight of the organs of thoracic cavity;however, in abdomen cavity, rumen, small intestine, and liver were affected, with means of 385g, 488g, and 371g, respectively. The allometric study showed that rumen and omasum presented a positive heterogonic development; while abomasum presented a negative heterogonic development; and liver, small and large intestines showed an isogonic development. The pancreas of control and POSR lambs presented an isogonic development, while pancreas of PRER lambs showed a positive heterogonic delevopment. In this experiment, the alimentary restriction affected weigth, growth, and type of development of internal organs of Santa Inês lambs, evidencing the importance of the feeding for ewes at the last third of gestation as well as for the lambs during the growth phase.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1