Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Qualidade e quantidade do leite produzido por cabras da raça Saanen submetidas a estresse por três dias consecutivos / Quality and quantity of milk produced by Saanen goats submitted to stress during three sequential days

Gaiato, A. P. R; Delgado, T. G. F; Negrão, J. A.
Arq. bras. med. vet. zootec; 64(5): 1373-1380, 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6688

Resumo

Estudou-se o efeito do estresse fisiológico, via administração pontual de ACTH, sobre os níveis de cortisol e a quantidade e qualidade do leite produzido. Para tanto, 12 cabras da raça Saanen foram alocadas em dois grupos experimentais: o grupo ACTH recebeu 0,6 UI de ACTH/kg PV, e o grupo placebo recebeu solução placebo. A produção de leite, os percentuais de proteína, gordura e lactose e a contagem de células somáticas (CCS) do leite foram mensurados antes, durante e após a administração de ACTH e do placebo. Simultaneamente à administração de ACTH e placebo por três dias consecutivos, foram realizadas colheitas de sangue para mensuração dos teores de cortisol. Nos tempos -30 e zero, ambos os grupos apresentaram concentrações basais de cortisol. O aumento nos níveis de cortisol foi significativo nos tempos 60min (grupo ACTH: 59,00±5,70 e grupo placebo: 5,23±1,37ng/mL) e 120min (grupo ACTH: 47,96±9,72 e grupo placebo: 4,38±1,14ng/mL), pois a concentração de cortisol foi maior no grupo ACTH. Os valores retornaram ao basal no tempo 300min. Não houve diferenças na produção leiteira entre os grupos ACTH e placebo, tampouco de proteína, gordura, lactose e CCS do leite dos grupos, portanto o estresse induzido por três dias consecutivos não trouxe prejuízos à produção.(AU)
The experiment aimed to study the effect of physiological stress on cortisol levels, quality and quantity of milk through punctual administration of ACTH. Twelve Saanen goats were divided in two experimental groups: ACTH group (0,5±g of ACTH/Kg.L.W); Placebo group (placebo solution). Milk production, and percentages of protein, fat, lactose and SCC (somatic cells counting) of the milk were analyzed before, during and after the administration of ACTH/placebo. Simultaneously to the ACTH/placebo administration and during three sequential days, blood was collected to evaluate cortisol concentrations. At times -30 and zero, both groups presented basal concentrations of cortisol. The increase of cortisol contents was significant at times 60 (group ACTH: 59.00±5.70 and groups placebo: 5.23±1.37ng/mL) and 120 (group ACTH: 47.96±9.72 and group placebo: 4.38±1,14ng/mL) since the cortisol content was higher on the ACTH group. The values returned to the basal level at 300 minutes. Concerning milk production, no differences were found between ACTH and placebo groups. Milk, protein, fat, lactose and SCC did not distinguish one group from another. The results indicated that the physiological stress induced during three days was not harmful to milk production and milk quality of Saanen goats.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1