Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Biocompatibilidade e comportamento de compósitos de hidroxiapatita em falha óssea na ulna de coelhos / Biocompatibility and behavior of hydroxyapatite on bone defect on rabbit's ulna

Vital, C. C; Borges, A. P. B; Fonseca, C. C; Tsiomis, A. C; Carvalho, T. B; Fontes, E. B; Sena, M. P; Fófano, G.
Arq. bras. med. vet. zootec; 58(2): 175-183, abr. 2006. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-6820

Resumo

Avaliaram-se os compósitos de hidroxiapatita sintética e carbono (HAC) e hidroxiapatita sintética, carbono e fosfato biácido de sódio (HACF), ambos na forma sólida, como substituto ósseo em 36 coelhos adultos. Após protocolos anestésico e cirúrgico habituais, retirou-se um fragmento de aproximadamente 2cm de comprimento no terço médio da ulna esquerda. Os animais do grupo 1 receberam, em cada falha provocada, blocos de HAC e HACF, e os do grupo 2 somente HAC. Os do grupo 3 não receberam tratamento. Os animais foram submetidos a avaliações clínicas e radiológicas nos dias 8, 15, 30, 60, 120 e 180 de pós-operatório. Nas mesmas datas, dois animais de cada grupo foram sacrificados e deles colheu-se material para histologia. Observou-se evolução normal da regeneração óssea em todos os animais, sendo mais precoce nos dos grupos que receberam os compósitos. O uso de HAC e HACF na ulna de coelho mostrou-se um método eficiente, não apresentando sinais de infecção e nem evidência de rejeição.(AU)
Composites of synthetic hydroxyapatite and carbon (HAC) and synthetic hydroxyapatite, carbon and sodium biacid phosphate (HACF), both of them in solid form, as substitute in bone regeneration were studied. Thirty-six rabbits divided in three groups were used. After routine anesthetic and surgical procedure, a bone fragment with two-centimeter in length was taken from the middle part of the left ulna. Animals from group 1 received one block of HAC and HACF, from group 2 received only HAC, in the criated bone defect, and animals from group 3 did not receive any treatment. They were submitted to clinical and radiographic examinations at 8, 15, 30, 60, 120 and 180 days after surgery to evaluate bone healing. At the same dates, two animals of each group were enthanised and bone fragments were collected for histological evaluations. The results showed normal evolution of bone regeneration in all groups but faster in animals that received the composites. The use of HAC and HACF showed to be efficient and biocompatible, and not caused rejection.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1