Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Repeatability, number of harvests, and phenotypic stability of dry matter yield and quality traits of Panicum maximum jacq / Repetibilidade, número de colheitas e estabilidade fenotípica da produção de matérica seca e de características de qualidade de Panicum maximum jacq

Fernandes, Francisco Duarte; Braga, Gustavo José; Ramos, Allan Kardec Braga; Jank, Liana; Carvalho, Marcelo Ayres; Maciel, Giovana Alcântara; Karia, Claudio Takao; Fonseca, Carlos Eduardo Lazarini da.
Acta Sci. Anim. Sci.; 39(2): 149-155, apr.-jun. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-691098

Resumo

Selection of superior forage genotypes is based on agronomic traits assayed in repeated measures. The questions are how repeatable the performance of individual genotypes is and how many harvests are needed to select the best genotypes. The objectives were to estimate repeatability coefficients of dry matter yield (DMY) and forage quality, their phenotypic stability and the number of harvests needed for an accurate selection. Two randomized complete block design experiments data with 24 genotypes each, undergoing 12 and 16 harvests, over a period of 2 and 3 years, respectively, were used. The DMY repeatability estimates ranged from 0.42 to 0.55, suggesting a low heritability. The mean numbers of repeated measures were 5 and 7 harvests for 0.80 and 0.85 accuracy, respectively. The inclusion of the first two harvests negatively affects the estimates. Repeatability for quality traits ranged from 0.30 to 0.69, indicating low to moderate heritability.(AU)
A seleção de genótipos superiores em forrageiras é feita para características agronômicas analisadas em medições repetidas no tempo. As questões estão relacionadas à repetibilidade do desempenho dos genótipos e ao número necessário de colheitas para selecionar aqueles superiores. Os objetivos foram estimar coeficientes de repetibilidade da produção de matéria seca (PMS) e de características de qualidade da forragem, a estabilidade fenotípica e o número de colheitas necessárias para uma seleção mais precisa. Dois experimentos em blocos casualizados com 24 genótipos cada um, submetidos a 12 e 16 colheitas, durante um período de dois e três anos, respectivamente, foram utilizados para o estudo. As estimativas de repetibilidade de PMS variaram de 0,42 a 0,55, sugerindo baixa herdabilidade. Os números de colheitas foram cinco e sete para 0,80 e 0,85 de acurácia, respectivamente. A inclusão das duas primeiras colheitas afeta negativamente as estimativas de PMS. A repetibilidade para as características de qualidade variou de 0,30 a 0,69, indicando baixa à moderada herdabilidade.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1