Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Detecção de corpos estranhos metálicos por meio de ferroscopia em rebanho bovino de leite de alta produção

Ollhoff, R.D; Birgel Junior, E.H.
Arq. Inst. Biol.; 79(3)2012.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-698647

Resumo

The presence of foreign metallic bodies through abdominal metal detector examination in high yielding dairy cattle (> 9,000 kg milk/lactation) under free-stall and TMR-feeding with a mixer wagon was evaluated. The occurrence of foreign metallic bodies in the years 2005 and 2006 was, respectively, 83.67% and 51.52%, with a maximum of amperage measured during examination of 9.36 ± 7.54 µA in 49 cows in 2005 equal to 6.44 ± 7.54 µA in 66 cows in 2006. A total of 44% (33/75) of the cows presented the foreign body in the reticulum (between the fifth and seventh intercostal space) and 56% (42/75) in the rumen. The presence of foreign metallic bodies in most of the animals of the examined herd, after exclusion of other possible causes, was due to failures in the maintenance of the mixer wagon.
Avaliou-se a presença de corpos estranhos metálicos (CEM) por meio de ferroscopia transabdominal em vacas de rebanho leiteiro de alta produção (> 9.000 kg/lactação) mantidas em estabulação livre com fornecimento de ração total através de vagão alimentador. A ocorrência de CEM nos anos de 2005 e 2006 foi, respectivamente, igual a 83,67% e 51,52%, sendo que a amperagem máxima obtida durante a realização do exame foi igual a 9,36 ± 7,54 µA em 49 vacas examinada no ano de 2005 e igual a 6,44 ± 7,54 µA em 66 vacas examinada no ano de 2006. Verificou-se que em 44% (33/75) dos animais o CEM estava localizado no retículo (entre o quinto e sétimo espaço intercostal) e que em 56% (42/75) dos animais o corpo estranho estava localizado no rúmen. Após a exclusão de possíveis outras causas desta ocorrência, concluiu-se que no rebanho examinado a presença de CEM em mais da metade dos animais deveu-se, principalmente, a falhas na manutenção do vagão alimentador.
Biblioteca responsável: BR68.1