Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

EFEITOS DA NUTRIÇÃO, IDADE À DESMAMA E MASTITE SOBRE A QUALIDADE DO COLOSTRO E LEITE DE OVELHAS

Fernandes, Simone; Ramos de Siqueira, Edson; Francisco Domingues, Paulo; José Guimarães Pilan, Guilherme.
Vet. Zoot.; 20(4): 615-623, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-699308

Resumo

Vinte e nove ovelhas multíparas da raça Santa Inês, todas com o mesmo número de partos foram submetidas, a partir do 5º mês de gestação, a quatro tratamentos, em esquema fatorial 2 X 2 (nível de nutrição e idade à desmama) em delineamento inteiramente casualizado, sendo: 1: dieta  composta apenas por  silagem; desmama aos 45 dias; 2: dieta composta por silagem e concentrado; desmama aos 45 dias; 3: dieta à base de silagem; desmama aos 70 dias e 4: dieta composta por silagem e concentrado; desmama aos 70 dias. Coletaram-se amostras de colostro após o parto, e nas 24 e 48 horas subsequentes. Foi determinada a concentração de IgG pelo método de Fahey & McKelvey (32) e amostras de leite foram colhidas semanalmente, a partir da 2ª semana pós-parto, visando a contagem de células somáticas.  Foram analisados, no colostro e no leite, os conteúdos de: sólidos totais, proteína, lactose e gordura. Houve efeito de dieta para gordura, proteína e sólidos totais do colostro tendo o grupo alimentado com silagem e concentrado, apresentado menores valores.  Na porcentagem de gordura do leite, verificaram-se maiores valores para idade à desmama aos 70 dias (5,51%)  do que aos 45 dias (4,32%). A composição química do leite aproximou-se dos valores obtidos para raças especializadas em produção de leite. A mastite subclínica não afetou a qualidade do leite.
Biblioteca responsável: BR68.1