Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

PRINCIPAIS ZOONOSES EM MAMÍFEROS SELVAGENS.

Fornazari, Felipe; Langoni, Helio.
Vet. Zoot.; 21(1): 10-24, 2014.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-699323

Resumo

O estudo das zoonoses que ocorrem em animais selvagens é importante no contexto de saúde pública, animal e ambiental. O presente trabalho teve como objetivo revisar algumas das principais zoonoses em animais selvagens, especialmente no Brasil. A toxoplasmose possui grande importância em primatas neotropicais e marsupiais australianos, sendo fatal nesses casos. A prevenção consiste em higiene dos recintos, destino adequado às fezes dos felinos e congelar a carne previamente antes de fornecer aos animais. Cuidados especiais devem ser tomados com espécies que pertencem aos grupos de risco. Os quirópteros são os principais reservatórios selvagens da raiva. Espécies da ordem Carnivora também possuem importância em algumas regiões, como América do Norte, Europa e nordeste do Brasil. A utilização de vacinas em animais selvagens terrestres de vida livre tem se mostrado eficaz, e sua implementação no Brasil poderia reduzir os casos de raiva, assim como tem ocorrido em outros países. As leishmanioses tem se mostrado como um grande problema de saúde pública e, nos últimos anos, uma ameaça à conservação de espécies mantidas em cativeiro em áreas endêmicas para a leishmaniose visceral no Brasil. As medidas de prevenção atualmente adotadas são consideradas pouco eficazes, e o uso de coleiras antiparasitárias em canídeos selvagens cativos tem sido recomendado. São escassas as informações sob
Biblioteca responsável: BR68.1