Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

SEROLOGICAL SCREENING FOR INFECTIOUS CATTLE DISEASES: I. INFLUENCE OF REPRODUCTIVE STATUS

Alfonso Barajas-Rojas, Jose; Riemann, Hans; Franti, Charles.
Ci. Rural; 23(1)1993.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-702819

Resumo

A cohort of 125 cows (Zebu-Holstein crosses) were screened every two months during a period of two years for IgG antibodies to 20 viral, bacterial, rickettsial and parasitic agents. The screening was performed on sera using the ELISA procedure. The IgG levels fluctuated during pregnancy in a regular and similar way for all the antigens tested. IgG reached its lowest levels in the fourth and seventh month of pregnancy, a significant increase ocurred during the last month of pregnancy and this was followed by a precipitous decline during the first month post partum. The IgG fluctuations associated with the different phases of reproductive status may interact with seasonal changes in IgG levels. The changes in IgG levels during pregnancy may have the result that an individual animal oscillates between being seropositive and seronegative. This can have an important impact on serological studies of abortion epidemiology.
Um estudo de coortes de 125 vacas cruza Zebu-Holandês foram monitoradas durante um período de dois anos para anticorpos do tipo IgG contra 21 agentes: vírus, bactérias, rickétsias e parasitas. A triagem sorológica foi realizada utilizando-se uma prova imuno-enzimática (ELISA). Os níveis de IgG flutuaram de forma regular e similar durante a gestação para todos os antígenos testados. Os níveis mais baixos de IgG foram encontrados no 4° e 7° mês de gestação. Houve um aumento significativo dos títulos no último mês de gestação sendo seguido por um declínio acentuado durante o primeiro mês pós-parto. A flutuação dos níveis de IgG pode estar associada com as diferentes fases reprodutivas podendo interagir com as variações estacionais dos níveis de IgG. As alterações de níveis de IgG durante a gestação pode levar a resultados onde o animal oscila entre positivo e negativo. Isso pode ter um importante impacto em estudos sorológicos na epidemiologia de abortos.
Biblioteca responsável: BR68.1