Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

DIAGNÓSTICO DE GESTAÇÃO NA VACA PELA ULTRA-SONOGRAFIA

Walter dos Santos, Ivo; Pereira Neves, Jairo.
Ci. Rural; 24(2)1994.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-702952

Resumo

SUMMARY The aim of this study was to investigate the embryonic development and the age of the pregnancy, in which may firstly be detected by ultrasound. One hundred and forty two cows, performing two groups were submitted to echographic examination for pregnancy diagnosis. A Pie Medical Inc. scanner Mod. 450 with a 5MHz linear array transducer and a printer were used for echographic purposes. In the first group constituted of 12 charolais cows were studied some characteristics of the fetal anatomy from the 10th to the 50th day. The first detection of the subsequent structures was made in the following days: embryonic vesicle (18.0 ± 0.7); embryo proper (24.1 ± 0.5); heartbeat (26.2 ± 0.6); amnion (30.7 ± 0.7); limbs (32.7 ± 0.6); vertebres (40.2 ± 0.7); fetal movements(45.6 ± 0.5). In the second group constituted of 130 cross bred charolais cows the embryonic development from the 23rd to the 50th day of gestation was observed. In this period the embryonic vesicle reached a diameter of 46.4mm with a daily growth of 38mm and the embryo, a length (crown-rump) of 36.4rnm with a daily increase of 1.15mm (P 0.0001). The eariy pregnancy diagnosis as well as the monitoring of gestation, is feasible through uttrasonography.
RESUMO O objetivo do trabalho foi de estudar o desenvolvimento embrionário e revelar quando a prenhez pode ser detectada em bovinos. Constituindo dois grupos, 142 vacas foram submetidas a exames ecográficos para diagnóstico de gestação. Utilizou-se um aparelho Pie Medical Inc., Mod. 450 com transdutor de 5MHz, arranjo linear e uma impressora. No primeiro grupo, constituído de 12 vacas charolesas foram estudadas algumas características da anatomia fetal entre o 10° e o 50° dia. Estruturas foram detectadas na seguinte ordem e tempo (dias): vesícula embrionária (18,0 ± 0,7); embrião (24,1 ± 0,5); batimentos cardíacos (26,2 ± 0,6); âmnio (30,7 ± 0,7); membros (32,7 ± 0,6); vértebras (40,2 ± 0,7) e movimentos fetais (45,6 ± 0,5). No segundo grupo, composto de 130 vacas cruza charolesa, foi observado o desenvolvimento embrionário do 23° até o 50° dia de gestação. Neste período a vesícula embrionária atingiu um diâmetro de 46,4mm, com crescimento diário de 1,38mm; enquanto o comprimento (cabeça-anca) do embrião atingiu 36,4mm, com aumento diário de 1,15mm (P 0,0001). O diagnóstico precoce da gestação, e o seu monitoramento através da ultra-sonografia é possível a partir do 18° dia pós-serviço.
Biblioteca responsável: BR68.1