Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Imobilização interna da coluna vertebral lombar com placas de cloreto de polivinila, em cães - parte I: resultados clínico-cirúrgicos

Alberto Tudury, Eduardo; Maria de Faria Rezende, Cleuza; Maciel Andrade, Leonardo.
Ci. Rural; 27(1)1997.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-703213

Resumo

The efficiency ofpolyvinylchioride (PVC) orthopedic plates, fixed by screws to the vertebral bodies and by cerciage wires to the spinous processes, were tested in twenty dogs with the lumbar spine destabilized at L2-L3. The plates were produced manually and individuatly for each animal and sterilized by heat. The plates exhibited suitable malleabitity but inappropriate strength because 40% ofthose affixed to the vertebral bodies were bmken. Nevertheless, during the 45 days ofthe study, the technique was consideredefective based on stability, clinicai, neurological, laboratory and radiological results. This effïciency was achieved by the technique used m the spinous processes, where the plates were fixed by wires passing between (not through) them.
Utilizando-se 20 cães, com o segmento lombar da coluna vertebral cirurgicamente desestabilizado na junção das vértebras L2-L3, foi testada a eficiência de placas ortopédicas de cloreto de polivinila (PVC) Tigre®, fixadas com parafusos nos corpos vertebrais e com fio ortopédico de aço inoxidável nos processos espinhosos. As placas foram manual e individualmente confeccionadas para cada animal e esterilizadas pelo calor. Apesar de apresentar maleabilidade adequada, a resistência das placas utilizadas no corpos vertebrais deixou a desejar, dado seu rompimento em 40% dos casos. Apesar disto, durante os 45 dias do estudo, verificaram-se resultados favoráveis quanto ao estado clinico-neurológico, resultados de exames laboratoriais, achados radiológicos, estabilidade e alinhamento da coluna vertebral, assim como, quanto a resistência e flexibilidade das placas utilizadas nos processos espinhosos. Os fios ortopédicos de aço inoxidável, utilizados para fixar as placas no compartimento dorsal da coluna vertebral, passaram entre e não através desses processos.
Biblioteca responsável: BR68.1