Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Emprego do antiinflamatório não esteróide ketoprofeno na analgesia preemptiva em cães

de Souza Alves, Aline; Afonso Vieira Campello, Rui; Mazzanti, Alexandre; Meller Alievi, Marcelo; Xavier Faria, Renato; Stedile, Rafael; Arigony Braga, Fabrício.
Ci. Rural; 31(3)2001.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-703819

Resumo

The basic principle of the preemptive analgesia is the administration of analgesics before the occurrence of painful stimulus in order to prevent pain, reducing the analgesic dosage, and compare the dosage required after the painful stimulus. It acts preventing or reducing the "memory" in the pain pathway in central nervous system. Preemptive analgesia may attenuate or prevent development of central sensibilization induced by surgery. This research aimed at evaluating the use of nonsteroidal anti-inflamatory (NSAID) ketoprofen as preemptive analgesic. Sixteen dogs were used, of varied age, female and male, and surgery of thoracotomies, the dogs received ketoprofen in Group K or distiled water as placebo in Group P, before surgical stimulation, the end surgery the animals received placebo in the Group K and Group P received ketoprofen. Parameters as cardiac and respiratory frequency, tidal volum and minute flow, blood gases and pain score were measured during six hours which followed the postoperative period. The utilized protocol has showed significative variations as bicarbonate and blood carbon dioxide, any significative statistical variations related in the pain scores. The results reported do not justify the use of NSAID ketoprofen as preemptive analgesic.
A analgesia preemptiva tem como princípio básico a administração de analgésicos antes da ocorrência de estímulos dolorosos, reduzindo ou prevenindo a dor e diminuindo a dose analgésica requerida, comparada com a dose usada após a ocorrência do estímulo doloroso. Há redução ou prevenção da "memória" da dor junto ao sistema nervoso central. A analgesia preemptiva permite atenuar ou prevenir o desenvolvimento da sensibilização central induzida pela cirurgia. O presente estudo teve como objetivo avaliar o uso do antiinflamatório não esteróide (AINE) ketoprofeno na analgesia preemptiva. Foram utilizados 16 cães, com idades variadas, fêmeas e machos, com peso superior a 10kg. Os animais foram divididos, aleatoriamente, em dois grupos: no grupo K, foram tratados com ketoprofeno e no grupo P foi utilizado placebo constituído de solução fisiológica; no final do procedimento cirúrgico os animais do grupo K receberam placebo e os do grupo P foram tratados com ketoprofeno. Esses procedimentos foram feitos antes da ocorrência do estímulo doloroso causado pela cirurgia de toracotomia. Parâmetros como freqüência cardíaca, freqüência respiratória, volume corrente, volume minuto, hemogasometria e grau de dor foram mensurados por seis horas pós-operatórias. O protocolo utilizado apresentou variações significativas do bicarbonato e dióxido de carbono total, não apresentando variações significativas nos escores de dor. Esses resultados, aparentemente, não justificam o uso do ketoprofeno na analgesia preemptiva.
Biblioteca responsável: BR68.1