Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fatores de risco associados à ocorrência de sarna sarcóptica e prevalência em suínos nas fases de crescimento e terminação, na região Sul do Brasil

Pedroso-de- Paiva, Doralice; Morés, Nelson; Barioni Júnior, Waldomiro; Antônio Dalla Costa, Osmar; Sobestianski, Jurij; Lopes do Amaral, Armando.
Ci. Rural; 33(4)2003.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-704218

Resumo

An observational epidemiological research was carried out in 64 swine herds in the South region of Brazil. The objective of this study was to determine the prevalence and also to identify the set of risk factors that best explain the occurrence of mange during the growing and finishing phases in swine operations. A protocol was applied enclosing variable of the ecosystem in intensive swine operation. The data were analyzed by multiple correspondence analyses identifying ten variables associated with the occurrence of mange: area less then 0.85m²/pig; air volume less then 3.0m³/pig, handling of building in the continuous system; air humidity less then 60% or greater then 70%; use of mashed meal and offered "add libitum" with use of ration with composition is different of the recommendations techniques; excess of flies in building and occurrence of other illness presented in the group of pigs. These variables are shown in a map allowing to visualize the factors associated with group of pigs of low, average and high prevalence of mange. Of the 3.948 pigs examined in the slaughter plant, 16.64% had presented erythematous papules dermatitis in the skin indicative of mange.
Foi realizada uma pesquisa epidemiológica observacional em 64 rebanhos da região Sul do Brasil, com o objetivo de determinar a prevalência e identificar o conjunto de fatores de risco que melhor explicam a ocorrência de sarna sarcóptica em suínos nas fase de crescimento e terminação. Foi aplicado um protocolo abrangendo variáveis do ecossistema de suínos em criação intensiva e os dados foram analisados por análise de correspondência múltipla identificando-se dez variáveis associadas à ocorrência de sarna: área menor que 0,85m²/suíno; volume de ar menor que 3,0m³/animal, manejo da instalação no sistema contínuo; umidade relativa do ar menor de 60% ou maior de 70%; uso de ração farelada e fornecida à vontade; uso de ração com composição fora das recomendações técnicas; excesso de moscas nas instalações e ocorrência de outras doenças no lote. Estas variáveis são apresentadas em um mapa permitindo visualizar os fatores associados com rebanhos de baixa, média e alta prevalência de sarna. Dos 3.948 animais examinados na linha de abate, 16,64% apresentaram dermatite papular eritematosa indicativa de sarna sarcóptica.
Biblioteca responsável: BR68.1