Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Neurological disorder associated with pestivirus infection in sheep in Rio Grande do Sul, Brazil

Argenta Pescador, Caroline; Gustavo Corbellini, Luis; Driemeier, David; Kalil Gonçalves, Ricardo; Estêvão Farias Cruz, Cláudio.
Ci. Rural; 34(3)2004.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-704434

Resumo

A two-month-old lamb showing signs of severe neurological disease characterized by muscular tremors, hypermetria, and motor incoordination was submitted to the Veterinary Pathology Laboratory - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brazil. At necropsy, the major findings were a marked reduction of the size of the cerebellum and bilateral dilatation of the lateral ventricles. Microscopically, areas of cellular disorganization in the cerebellar cortex, reduction of the granular layer of cerebellum associated with decreased density of cells, and the presence of large cytoplasmic vacuoles in the molecular layer were observed. Neurons of the gray matter of the brain and macrophages of the mesenteric lymph nodes stained positively by the immunohistochemistry test using the monoclonal antibody 15C5 against Bovine Viral Diarrhea Virus. Taken together, those results are consistent with a pestivirus infection, either Border Disease Virus (BDV) or BVDV.
Um cordeiro de dois meses de idade apresentando sinais severos de doença neurológica foi enviado ao Laboratório de Patologia Veterinária - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Os sinais clínicos consistiam de tremores musculares, hipermetria e incoordenação motora. Os principais achados de necropsia foram uma pronunciada redução do tamanho do cerebelo e dilatação bilateral dos ventrículos laterais. As alterações microscópicas consistiram de áreas de desorganização celular no córtex cerebelar, redução da camada granular do cerebelo associada com diminuição da densidade de células e a presença de grandes vacúolos citoplasmáticos na camada molecular. Cortes histológicos foram submetidos à imunoistoquímica, utilizando o anticorpo monoclonal 15C5 contra o vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV). Reação positiva foi detectada difusamente nos neurônios da substância cinzenta e em macrófagos dos linfonodos mesentéricos. Os achados clínicos, histopatológicos e imunoistoquímicos sugerem que este cordeiro tenha sido infectado por um pestivírus, provavelmente Border Disease Vírus (BDV) ou BVDV.
Biblioteca responsável: BR68.1