Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Teores de ácido anacárdico em pedúnculos de cajueiro Anacardium microcarpum e em oito clones de Anacardium occidentale var. nanum disponíveis no Nordeste do Brasil

da Silveira Agostini-Costa, Tânia; Arrais Jales, Katiane; dos Santos Garruti, Deborah; Azevedo Padilha, Viviane; Batista de Lima, Jedaias; de Jesus Aguiar, Maria; Rodrigues de Paiva, João.
Ci. Rural; 34(4)2004.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704459

Resumo

Anacardic acid, a phenolic compound present in cashew apple and in some medicinal plants, is being associated to some specific biological effects. The purpose of this work was to determine anacardic acid content in peduncles of A. microcarpum and eight clones of A. occidentale from Northeastern Brazil, evaluating some physical-chemical and sensory characteristics of these peduncles. Cashew apples from BRS 189 clone of early cashew tree presented the highest values of anacardic acid. Cashew apples from A. microcarpum and END 189, END 183, Embrapa 50, Embrapa 51 e CCP 09 clones of early cashew tree did not differ from control CCP 076 clone. Cashew apples from CCP 1001 clone presented the minor values of anacardic acid. Physical-chemical and sensory analyses showed evidence that CCP 09 and CCP 1001 clone are not appropriate to fresh consuption.
O ácido anacárdico, composto fenólico presente em pedúnculos de caju e em algumas plantas medicinais, vem sendo associado a uma série de atividades biológicas específicas. O objetivo deste trabalho foi determinar o teor deste composto em pedúnculos de cajueiro A. microcarpum e em oito clones de A. occidentale var. nanum disponíveis na região Nordeste do Brasil, avaliando, também, algumas características físico-químicas e sensoriais destes pedúnculos. Os pedúnculos do clone BRS 189 apresentaram os maiores teores de ácido anacárdico. Pedúnculos da espécie Anacardium microcarpum e pedúnculos de cajueiro anão precoce, clones END 189 e 183, Embrapa 50 e 51 e CCP 09 não diferiram significativamente dos pedúnculos procedentes do clone controle, CCP 076. Pedúnculos do clone CCP 1001 apresentaram os menores teores de ácido anacárdico. As análises físico-químicas e sensoriais confirmaram evidências de que os clones CCP 09 e 1001 não são apropriados para o consumo in natura.
Biblioteca responsável: BR68.1