Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Exigência de metionina + cistina para alevinos de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus)

Massamitu Furuya, Wilson; Carolina Rosa Silva, Lilian; Ribeiro Neves, Patrícia; Botaro, Daniele; Hayashi, Carmino; Shiguero Sakaguti, Eduardo; Rossetto Barriviera Furuya, Valéria.
Ci. Rural; 34(6)2004.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-704596

Resumo

This study was carried out to determine the methionine + cystine requirement for Nile tilápia, fingerlings (2.61 ± 0.14g). A randomized block designs, with six treatments, three replicates and five fish by experimental unit was used. Basal diet was utilized with 28% crude protein and 3173DE kcal kg-1 of digestible energy, supplemented with DL-methionine, resulting in diets with 0.87; 0.95; 1.03; 1.11; 1.19 and 1.27% of methionine + cystine. Diets were fed to satiation during 41 days. No effects (P>0.05) of methionine + cystine levels on survival rate and hepatosomatic index were observed. A quadratic effect (P 0.05) for weight gain was observed, which increased up to 1.22% methionine + cystine in the diet. Feed conversion ratio and protein efficiency ratio increased (P 0.05) up to 1.00% of methionine + cystine. A quadratic effect (P 0.05) of methionine + cystine level on carcass yield was observed, which increased up to 1.13% of methionine + cystine. The concentration of 1.00% methionine + cystine corresponding to 3.54% crude protein, in the presence of 0.54% methionine in the diet, showed the best njperformance.
Este estudo foi realizado para determinar a exigência de metionina + cistina para alevinos de tilápia do Nilo (2,61 ± 0,14g). Foi utilizado o modelo em blocos ao acaso, com seis tratamentos, três repetições e cinco peixes por unidade experimental. Foi utilizada ração basal contendo 28% de proteína bruta e 3173kcal ED kg-1 de ração, suplementada com DL-metionina, resultando em rações com 0,87; 0,95; 1,03; 1,11; 1,19 e 1,27% de metionina + cistina. As rações foram fornecidas à vontade durante 41 dias. Não foram observados efeitos (P>0,05) dos níveis de metionina + cistina sobre a taxa de sobrevivência e índice hepato-somático. Foi observado efeito quadrático (P 0,05) sobre o ganho de peso, que aumentou até o nível de 1,22% de metionina + cistina na ração. A conversão alimentar e a taxa de eficiência protéica aumentaram (P 0,05) até o nível de 1.00% de metionina + cistina. Foi observado efeito quadrático (P 0,05) sobre o rendimento de carcaça que aumentou até o nível de 1,13% de metionina + cistina. O nível de 1,00% de metionina + cistina, correspondente a 3,54% da proteína bruta, contendo 0,54% de metionina na ração, mostrou melhor resultado no desempenho.
Biblioteca responsável: BR68.1