Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Dermatite alérgica sazonal em ovinos

Mello de Souza, Tatiana; Almeida Fighera, Rafael; Vitor Piazer, José; Severo Lombardo de Barros, Claudio; Francisco Irigoyen, Luiz.
Ci. Rural; 35(2)2005.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-704688

Resumo

An outbreak of acute seasonal allergic dermatitis is described in sheep from the municipalities of São Vicente do Sul and Jaguari, Rio Grande do Sul, Brazil. Affected sheep were crossbreeds of different categories. Skin lesions were observed mainly in the head (ears and around the eyes, muzzle, and lips), mammary gland, distal portions of the limbs and ventral abdomen. Two lesion patterns were found; an acute pattern showed marked erythema associated with numerous papules, pustules, epidermal colarettes, and crust; in a chronic pattern the same anatomical sites had lichenified, ulcerated, exudative, crusted, and alopecic areas, which were occasionally hemorrhagic. Microscopically, sheep that were recently affected had perivascular eosinophilic dermatitis; in the skin of more chronically affected sheep there was superficial lymphocytic and histioplasmocytic perivascular dermatitis.
Descreve-se um surto de dermatite alérgica sazonal em ovinos nos municípios de São Vicente do Sul e Jaguari, Rio Grande do Sul. Os ovinos afetados não tinham raça definida e pertenciam a diversas categorias. As lesões eram vistas principalmente na cabeça (orelhas e ao redor dos olhos, focinho e lábios), úbere, porção distal dos membros e abdômen ventral. Dois padrões de lesão foram encontrados; num padrão agudo havia acentuado eritema associado à grande quantidade de pápulas, pústulas, colaretes epidérmicos e crostas; no padrão crônico, áreas liquenificadas, ulceradas, exsudativas, crostosas, alopécicas e, por vezes, sangrantes, eram vistas nos mesmos locais. Microscopicamente, os ovinos mais recentemente afetados demonstravam dermatite perivascular superficial eosinofílica, já os animais com lesões mais antigas apresentavam dermatite perivascular superficial linfo-histioplasmocitária.
Biblioteca responsável: BR68.1