Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Micronutrientes na soja: produtividade e análise econômica

Alberto Ceretta, Carlos; Pavinato, Aurélio; Sérgio Pavinato, Paulo; Cristina Lopes Moreira, Isabel; Girotto, Eduardo; Efraim Trentin, Éder.
Ci. Rural; 35(3)2005.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-704703

Resumo

The availability of commercial products containing micronutrients has increased in the latest years, but experimental results have shown great variability, turning this matter into something contradictory. The reduction in relative cost in the use o micronutrients and the expectancy of scale gain, in the latest years, have motivated producers to use micronutrients such as: cobalt, boron and molybdenum because of their influence in the symbiotic fixing of nitrogen in soybean. This work aimed at determining the technical and economic viability of the application of some micronutrients, emphasizing Mo and Co, in soybean productiveness. The experiment was carried out in the agricultural years of 2001/02 and 2002/03, at Paineira Farm, from SLC Agrícola Ltda, in Coronel Bicaco, RS, in a Hapludox and it had been under no tillage for eight years. The experimental outlining was of random blacks with three repetitions, with portions of 10 x 15m. Soybean implantation was on 11/18/2001 and on 11/24/2002, with 225 and 190 thousand plants ha-1, for the two agricultural years respectively. The spacing between lines was of 0,40m and the variety was RS-10 for the two years. Treatments in 2001/02 were: (1) CoMo; (2) CoMo + Mo; (3) CoMo + Mo + Mo; (4) CoMo + Mo + P30; (5) CoMo + B; (6) B; (7) Mo; (8) Mo + Mo; and (9) Testemunha. In 2002/03 treatments were: (1) CoMo + 2x Mo; (2) CoMo + 2x Mo + B; (3) CoMo + 2x Mo + Phitosol PK; (4) CoMo + 2x Fortifol CaB; (5) CoMo + 2x Mo + LBE-PT1; (6) CoMo + 2x Mo + P30; (7) CoMo + 2x Mo + Stimulate; and (8) Testemunha. The use of micronutrients, especially Mo and Co, has shown to be a contradictory one in the physical productiveness evaluation of the grains through the comparison of averages. However, in most cases, the economic return of the micronutrient application was positive, but it showed its dependence on high productiveness and favorable prices at the moment of commercialization.
A disponibilidade de produtos comerciais contendo micronutrientes tem aumentado nos últimos anos, embora existam resultados experimentais mostrando grande variabilidade, o que torna este tema contraditório. A diminuição do custo relativo no uso de micronutrientes e a expectativa de ganhos em escala, nos últimos anos, tem motivado produtores a utilizar micronutrientes como cobalto, boro e molibdênio, pela sua influência na fixação simbiótica de nitrogênio na soja. O objetivo do trabalho foi de determinar a viabilidade técnica e econômica da aplicação de alguns micronutrientes, com destaque para Mo e Co, na produtividade de grãos da soja. O experimento foi conduzido nos anos agrícolas 2001/02 e 2002/03, na Fazenda Paineira, da SLC Agrícola Ltda, em Coronel Bicaco, RS, em Latossolo Vermelho Distroférrico típico há oito anos sob plantio direto. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com três repetições, com parcelas de 10 x 50 m. A implantação da soja foi em 18/11 de 2001 e em 24/11 de 2002, com população de 225 e 190 mil plantas ha-1, para os dois anos agrícolas, respectivamente. O espaçamento entre linhas foi de 0,40 m e a cultivar foi a RS-10 para os dois anos. Os tratamentos em 2001/02 foram: (1) CoMo; (2)CoMo+Mo; (3) CoMo +Mo+Mo; (4) CoMo+Mo+P30; (5) CoMo +B; (6) B; (7) Mo; (8) Mo+Mo; e (9) Testemunha. Em 2003/04, os tratamentos foram: (1) CoMo+2x Mo; (2)CoMo+2x Mo+B; (3) CoMo+2x Mo+Phitosol PK; (4) CoMo+2x Fortifol CaB; (5) CoMo+2x Mo + LBE-PT1; (6) CoMo+2x Mo+P30; (7) CoMo+2x Mo+Stimulate; e (8) Testemunha. O uso de micronutrientes, especialmente Mo e Co, mostrou-se contraditório na avaliação da produtividade física de grãos através de comparação de médias. Entretanto, na maioria dos casos, o retorno econômico da aplicação dos micronutrientes foi positivo, mas evidenciou sua dependência de altas produtividades e preços favoráveis no momento da comercialização.
Biblioteca responsável: BR68.1