Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Trocas gasosas, características das folhas e crescimento de plantas jovens de Cupania vernalis Camb. submetidas a diferentes níveis de sombreamento

de Castro Lima Junior, Érico; Alves de Alvarenga, Amauri; Mauro de Castro, Evaristo; Vinício Vieira, Carlos; Morbeck de Oliveira, Hilton.
Ci. Rural; 35(5)2005.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-704790

Resumo

Cupania vernalis Camb. is an arboreal species belonging to the sapindaceae family, known popularly as "Camboatá", "Camboatã". This species has great economical importance by its use in mixed plantings trying to recovery permanent degraded and preservation areas. This study aimed, basically, at characterizing the ecophysiological aspects of this species under nursery conditions. The effect of four levels of irradiance (Full sunshine, 30%, 50% and 70% of shading) on the gas exchange, concentration of nitrogen; leaf chlorophylls and initial growth of young plants of Cupania vernalis was evaluated. The results showed that the plants submitted to 50% of shading have accumulated more leaf, stem dry matter and total as compared to that cultivated under full sunshine. No difference was found in relation to root dry matter. Higher photosynthetic rate and stomatal conductance on leaves were observed in the plants grown under full sunshine and 30% of shading. Plants under more shaded conditions presented higher contents of chlorophyll and nitrogen in leaves, a similar fact took place with the other characteristics such as height, stem diameter and leaf area. These latter characteristics determine seedling quality. It was concluded that the seedlings of that species should be grown in the nursery under conditions of 50 or 70% shading in order to improve seedling quality.
Cupania vernalis Camb. é uma espécie arbórea pertencente à família sapindaceae, conhecida popularmente como camboatá, camboatã. É uma espécie de grande importância pelo seu uso em plantios mistos destinados à recuperação de áreas degradadas e preservação permanente. Este estudo teve como objetivo básico caracterizar o desempenho ecofisiológico desta espécie sob condições de viveiro. Avaliou-se o efeito de quatro níveis de irradiância (Pleno sol, 30%, 50% e 70% de sombreamento) sobre as trocas gasosas, concentração de nitrogênio, clorofilas foliares e crescimento de plantas jovens de Cupania vernalis. As plantas submetidas a 50% de sombreamento acumularam maior massa seca de folha, caule e massa seca total em comparação com as cultivadas a pleno sol, não sendo observada diferença quanto à massa seca de raízes. A maior taxa fotossintética e condutância estomática foram observadas em folhas de plantas crescidas sob pleno sol e 30% de sombreamento. Plantas sob condições mais sombreadas apresentaram teores mais elevados tanto de clorofilas quanto de nitrogênio nas folhas. Fato semelhante ocorreu com outras características como altura, diâmetro de caule e área foliar. Essas últimas características constituem fatores determinantes da qualidade de mudas. Os resultados possibilitaram concluir que as mudas desta espécie devem ser formadas sob condições de viveiro com sombreamento de 50% ou 70% para que se obtenham mudas de melhor qualidade.
Biblioteca responsável: BR68.1