Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Long-term creatine supplementation improves the aerobic capacity of horses

de Camargo Ferraz, Guilherme; Raphael Teixeira-Neto, Antônio; Helena de Freitas DAngelis, Flora; Corrêa de Lacerda-Neto, José; de Queiroz-Neto, Antonio.
Ci. Rural; 36(2)2006.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-704937

Resumo

The aim of the present study was to investigate the effect of long-term oral supplementation of creatine on the physiological responses to aerobic training. Twelve purebred Arabian horses were submitted to aerobic training for 90 days, with and without creatine supplementation which consisted of the daily administration of 75g of creatine monohydrate mixed into the ration for 90 days of training. Physical conditioning was conducted on a high performance treadmill and training intensity was stipulated by calculating the V4 (velocity at which blood lactate reaches 4mmol L-1) determined monthly for each animal. The individual intensity of physical force at 80% of aerobic threshold was established. An incremental exercise test was used to set the individual V4. After a warm up period of 4 min at 4m s-1, the speed was increased at 2min intervals to 6, 8 and 10m s-1. The blood samples were collected 15s before the end of each step to determine the concentration of lactate, packed cell volume, hemoglobin and red cell values. The results demonstrated a significant increase (P 0.05) in V4 in the groups that received creatine supplementation for 60 days or more when compared to the animals without creatine supplememntation. The other hematological variables were similar to all groups. The results showed that the prolonged creatine supplementation may have a beneficial al effect on the equine athletic performance.
O objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos da suplementação oral com creatina sobre respostas fisiológicas ao treinamento aeróbico. Doze cavalos da raça Puro Sangue Árabe foram submetidos a treinamento aeróbico por 90 dias, com ou sem suplementação com creatina, que consistia da administração diária de 75g de monoidrato de creatina misturada à ração durante os 90 dias de treinamento. O treinamento físico foi conduzido exclusivamente em esteira rolante de alto desempenho sendo a intensidade do treinamento estabelecida em 80% da velocidade obtida através da V4 (velocidade na qual a concentração sangüínea de lactato atinge 4mmol L-1) determinada mensalmente para cada animal. Para o estabelecimento da V4 individual foi empregado um teste físico de esforço crescente em que, após um período de aquecimento de 4min a 4m s-1, a velocidade era aumentada à cada intervalo de dois minutos, para 6, 8 e 10m s-1. As amostras sangüíneas foram coletadas 15s antes do témino de cada intervalo para a determinação do lactato, hematócrito, hemoglobina e eritrócitos. Os resultados demonstraram um aumento significativo (P 0,05) da V4 dos animais que receberam creatina por 60 e 90 dias quando comparados, no mesmo período, com os animais que não receberam a suplementação. As outras variáveis hematológicas não apresentaram alterações. É possível sugerir que a suplementação prolongada com creatina pode promover efeitos benéficos no desempenho atlético de eqüinos.
Biblioteca responsável: BR68.1