Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Nutrição e produção da laranjeira "Folha Murcha" em porta-enxertos e plantas de cobertura permanente na entrelinha

Fidalski, Jonez; Maria Colauto Stenzel, Neusa.
Ci. Rural; 36(3)2006.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-704985

Resumo

The nutritional status and yield of citrus are not known for different canopy/rootstocks and soil groundcover management systems. The study was set up in a 8-year-old 'Folha Murcha' [Citrus sinensis (L.) Osb.] orange experiment, and was carried out from 1997 to 2002 in Paranavai, in the northwest region of the state of Parana (southern Brazil). The soil corresponds to a sandy loam Paleudult. The experimental design was in random blocks and seven rootstocks: 'Rangpur' lime, 'African' rough lemon, 'Volkamer' lemon, 'Cleopatra' mandarin, 'Sunki' mandarin, 'C-13' citrange and Trifoliate orange. Leaf nutrient contents and fruit yield were evaluated in 'Folha Murcha' orange. The experimental plots are three plants, witch showed up bahiagrass (Paspalum notatum) in three blocks and a legume (Arachis pintoi) in one block between rows in the grove. The soil groundcover management systems with legume increased leaf N at excessive class on 'Rangpur' lime, and reduced the fruit yields of the 'Folha Murcha' orange tree in relation the bahiagrass. In the interrows whit bahiagrass fruit yields 'Folha Murcha' orange it was dependent of the harvest and leaf Ca, Mg and Zn. The maximum absorption of leaf Ca for the rootstocks by orange 'Folha Murcha' it precedes leaf Mg and Zn. In these conditions, the results showed higher fruit yields in 'Cleopatra' mandarin and 'African' rough lemon orange plants onto 'Folha Murcha'.
O estado nutricional e a produção de citros não são conhecidos para as diferentes combinações copa/porta-enxertos e plantas de coberturas permanente na entrelinha. O estudo foi instalado em um experimento de laranjeira "Folha Murcha" [Citrus sinensis (L.) Osb.] com oito anos de idade, conduzido entre 1997 a 2002, no município de Paranavaí, região Noroeste do Paraná. O solo corresponde a um Argissolo Vermelho distrófico típico textura areia/franco arenoso. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, sendo os tratamentos constituídos por sete porta-enxertos: limoeiro "Cravo", limoeiro "Rugoso da África", limoeiro "Volcameriano", tangerineira "Cleópatra", tangerineira "Sunki", citrangeiro "C-13" e Trifoliata, com três plantas em cada parcela experimental. As repetições foram constituídas por três blocos com a cobertura Paspalum notatum e por um bloco com Arachis pintoi. Foram avaliados os teores dos nutrientes foliares e a produção de frutos da laranjeira "Folha Murcha". O manejo das entrelinhas com a leguminosa elevou os teores de N à faixa excessiva nas folhas do porta-enxerto limoeiro "Cravo", e reduziu a produção de frutos da laranjeira "Folha Murcha" em relação à gramínea. Nas entrelinhas com gramínea, a produção de frutos da laranjeira "Folha Murcha" foi dependente das safras agrícolas e dos teores foliares de Ca, Mg e Zn. A absorção máxima de Ca pelas folhas de laranjeira "Folha Murcha" precede a de Mg e Zn. Nestas condições, os porta-enxertos tangerineira "Cleópatra" e limoeiro "Rugoso da África" apresentaram maior produção de frutos de laranjeira "Folha Murcha".
Biblioteca responsável: BR68.1