Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Composição físico-química de amostras de pólen coletado por abelhas Africanizadas Apis mellifera (Hymenoptera:Apidae) em Piracicaba, Estado de São Paulo

Carlos Marchini, Luís; Doniseti Acassio dos Reis, Vanderlei; Carolina de Camargo Carmello Moreti, Augusta.
Ci. Rural; 36(3)2006.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-705006

Resumo

Pollen samples were collected from March, 1999 to March, 2000, in Piracicaba, State of São Paulo, Brazil, from 5 beehives of Africanized Apis mellifera by using front pollen collectors with openings 4 mm diameter. The aim of this study was to determine the physico-chemical composition of pollen. Chemical composition of samples was determined at the Laboratório de Apicultura of the Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiróz", Universidade de São Paulo. The following mean values were obtained: 21.5% proteins; 2.8% ashes; 23.6% moisture; 76.3% of dry residue; 3.5% lipids; 28.4% of total sugars; 20.7 mEq kg-1 of pollen of titrate acidity and pH 5.1. The statistical analyses considered all data concerning the different DAYs and comparison of the monthly means were made by Tukeys test (P 0.05). There were significant differences along the year, to the different parameters studied, except for ashes which percentage did not present significant variation.
Com o objetivo de se verificar a composição físico-química de amostras do pólen coletado por abelhas Africanizadas, foram realizadas coletas em 5 colméias de abelhas Apis mellifera Africanizadas utilizando coletores de pólen de alvado (frontais) com orifícios de 4,00mm de diâmetro, em Piracicaba, São Paulo, durante um ano (março de 1999 a março de 2000). A composição química das amostras foi determinada no Laboratório de Apicultura do Departamento de Entomologia, Fitopatologia e Zoologia Agrícola, ESALQ/USP. Foram obtidas as seguintes médias: 21,5% de proteínas; 2,8% de cinzas; 23,6% de umidade; 76,3% de resíduo seco; 3,5% de lipídios; 28,4% de açúcares totais; 20,7mEq kg-1 de pólen de acidez titulável e pH igual a 5,1. Para análise estatística, foram considerados todos os dados referentes aos diferentes dias de coleta, sendo as médias mensais comparadas pelo teste de Tukey em nível de 5%. Foram verificadas diferenças significativas nas médias ao longo do ano para os diferentes parâmetros estudados, com exceção da porcentagem de cinzas que não apresentou variação significativa.
Biblioteca responsável: BR68.1