Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Morfometria do oviduto de poedeiras comerciais semipesadas submetidas a diferentes métodos de muda forçada

Soares da Silva Araújo, Cristiane; Martinez Baraldi Artoni, Silvana; Francelino Araújo, Lúcio; Mack Junqueira, Otto; Carlos Garibaldi Simon Barbosa, Luis; Gonçalves de Lima, César.
Ci. Rural; 37(1)2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-705218

Resumo

This experiment was aimed at evaluating the performance, oviduct morphometric, hormone concentration and bone density in laying hens submitted of the different methods of molt induction. Two hundred-eight laying hens, 58 weeks of age, were randomly divided into four treatments groups (california method, diet of high-zinc, diet of low-calcium and diet of low-sodium) and four replicates. The experiment evaluated biometrics characteristics on day 1, 28 of the experiment and in three periods postmolt: body weight, ovary percentage, oviduct percentage, number of folds of the magnum and isthmus, and length of the different parts of oviduct. In the postmolt period, the morphometric analysis of the birds were not affected by any of the experimental treatments.
Este experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar a morfometria do oviduto de poedeiras submetidas a diferentes métodos de indução de muda forçada. Duzentas e oito aves com 58 semanas de idade foram distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (método Califórnia, dieta com alto teor de zinco, dieta com baixo cálcio e com baixo sódio) e quatro repetições de 12 aves cada. Avaliou-se a biometria do oviduto no início do experimento, no 28°. dia e em três períodos subseqüentes à realização da muda forçada, analisando-se o peso corporal da ave, a percentagem do oviduto e do ovário, o número de pregas do magno e do istmo e o comprimento das diferentes partes que compõem o oviduto. No período pós-muda, as características macroscópicas do oviduto não sofreram influência dos tratamentos estudados.
Biblioteca responsável: BR68.1