Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Aspectos de biologia floral de cajueiros anão precoce e comum

Barbosa de Sousa, Larissa; de Lima Feitoza, Lidiane; Lucia Ferreira Gomes, Regina; Celis de Almeida Lopes, Ângela; Basílio Soares, Edson; Magno Pereira da Silva, Eduardo.
Ci. Rural; 37(3)2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-705326

Resumo

The knowledge of the floral biology is very important for the development of the cashew's culture (Anacardium occidentale L.). In relation to botanical aspects, the morphological characteristics of flowers contributed effective to determination of the well-known species of Anacardium. It was aimed at studing the floral biology of the early dwarf and common cashew. The research was developed in the experimental area of the Department of Fitotecnia, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Piauí, in Teresina, PI, and nine clones of dwarf cajueiro ('CAP 14', 'Embrapa 09', 'Embrapa 50', 'Embrapa 51', 'Embrapa 76', 'Embrapa 183', 'Embrapa 189', 'FAGA 01', 'FAGA 11') and a clone of common cashew ('CCA'), were evaluated using four paniculae per plant, in north, south, east and west orientation. The varietal types, common and early dwarf cashew, present little variation for most of the evaluated characteristics. The common cashew presents a larger proportion between the number of hermaphrodite flowers and the total number of flowers than the early dwarf cashew clones; this may facilitate a larger production of fruits in the common cashew. The number of developed fruits is very low in both varietal types. The paniculae placed in different cardinal orientations are similar in all the clones in relation to the aspects related to the floral biology of the cashew.
O conhecimento da biologia floral é de suma importância para o desenvolvimento da cultura do cajueiro (Anacardium occidentale L.). Com relação aos aspectos botânicos, as características morfológicas das flores contribuíram efetivamente para a determinação das espécies do gênero Anacarduim conhecidas. No presente trabalho, objetivou-se estudar a biologia floral dos cajueiros anão precoce e comum. A pesquisa foi desenvolvida na área experimental do Departamento de Fitotecnia, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Piauí, em Teresina, PI, avaliando-se nove clones de cajueiro anão ("CAP 14", "Embrapa 09", "Embrapa 50", "Embrapa 51", "Embrapa 76", "Embrapa 183", "Embrapa 189", "FAGA 01", "FAGA 11") e um clone de cajueiro comum ("CCA"), utilizando-se quatro panículas por planta, cada uma com orientação norte, sul, leste e oeste. Os tipos varietais, cajueiro comum e anão precoce, apresentam pouca variação para a maioria dos caracteres avaliados. A proporção entre flores hermafroditas e o total de flores, em cajueiro comum, pode levá-lo a uma maior produção de frutos por panícula do que nos clones de cajueiro anão precoce analisados. O número de frutos desenvolvidos é bastante reduzido nos dois tipos varietais. As panículas situadas em diferentes orientações cardeais são semelhantes em todos os clones estudados quanto aos aspectos relacionados à biologia floral do cajueiro.
Biblioteca responsável: BR68.1