Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Composição química, valores de energia metabolizável e aminoácidos digestíveis de subprodutos do arroz para frangos de corte

Mack Junqueira, Otto; Ferreira Duarte, Karina; Cardoso Cancherini, Luciana; Francelino Araújo, Lúcio; Cristina de Oliveira, Maria; Antônio Garcia, Edivaldo.
Ci. Rural; 39(8)2009.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-706387

Resumo

Two experiments were conducted to determine the chemical composition, energy and the digestibility coefficients of the amino acids of the whole rice meal (WRM) and broken rice (BR). In the first trial, one hundred forty four broilers, 21 days of age, male, of Cobb strain had their excreta totally collected in order to determine the apparent metabolizable energy (AME) and corrected apparent metabolizable energy (AMEn). The experimental design was completely randomized, with three treatments and six replicates with eight birds each one. In the second trial, it was used the forced feeding method with cecectomized cockerels to determine the digestibility coefficients of the amino acids. The design was entirely randomized, with two feeds and one fasting and six replicates with one bird each one. The values of DM, CP, EE, CF, AME and AMEn were, respectively, to WRM: 88.6%; 11.8%; 15.3%; 10.2%; 2968kcal kg-1 and 2804kcal kg-1 and to BR: 93.5%; 9.1%; 0.73%; 0.45%; 3338kcal kg-1 and 3239kcal kg-1. The average values of digestibility coefficients of essential and non-essential amino acids were, respectively, 75.9% and 73.9% to WRM and 77.9% and 76.5% to BR. The WRM and the BR can be used in the diets of broilers in substitution to the corn, however showed lower metabolizable energy levels, had higher levels of crude protein and digestible amino acid.
Dois experimentos foram conduzidos para determinar a composição química, os valores de energia e os coeficientes de digestibilidade dos aminoácidos, do farelo de arroz integral (FAI) e da quirera de arroz (QA). No primeiro estudo, foram utilizadas 144 aves, com 21 dias de idade, machos, linhagem Cobb, que tiveram suas excretas totalmente coletadas para determinação da energia metabolizável aparente (EMA) e energia metabolizável aparente corrigida (EMAn). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três tratamentos e seis repetições, com oito aves cada. No segundo experimento, foi utilizado o método de alimentação forçada para a determinação dos coeficientes de digestibilidade dos aminoácidos. O delineamento foi inteiramente casualizado, com dois alimentos e um jejum e seis repetições com um galo cada. Os valores de MS, PB, EE, FB, EMA e EMAn foram, respectivamente, para FAI: 88,6%; 11,8%; 15,3%; 10,2%; 2968kcal kg-1 e 2804kcal kg-1 e para QA: 93,5%; 9,1%; 0,73%; 0,45%; 3338kcal kg-1 e 3239kcal kg-1. Os valores médios encontrados dos coeficientes de digestibilidade de aminoácidos essenciais e não essenciais foram, respectivamente, de 75,9% e 73,9%, para FAI, e 77,9% e 76,5%, para QA. Embora tenham apresentado níveis inferiores de energia, FAI e a QA podem ser utilizados nas rações de aves em substituição ao milho, uma vez que tiveram níveis maiores de proteína bruta e aminoácidos digestíveis.
Biblioteca responsável: BR68.1