Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Eficácia de resíduos da bananicultura sobre a inibição do desenvolvimento larval em Haemonchus spp. provenientes de ovinos

Nunes Oliveira, Lincoln; Robson Duarte, Eduardo; Aparecida Nogueira, Flávia; Brito da Silva, Rayana; Emygdio de Faria Filho, Daniel; Castro Geraseev, Luciana.
Ci. Rural; 40(2)2010.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-706444

Resumo

This study evaluated the in vitro efficacy of aqueous extracts from banana crop residues on the inhibition of larval development of sheep gastrointestinal nematodes. The quantitative and qualitative coproculture technique was performed to evaluate the anthelmintic efficacy of the aqueous extract of leafs , pseudostems and hearts from banana plants, cv 'Prata Anã', at 25, 75 and 150mg mL-1 concentrations, in a completely randomized design. The results showed that the three extracts, in concentrations equal to or greater than 75mg mL-1, decreased significantly (P 0.05) the nematodes larval development, with efficacy up 96.9%. The identification of the developed larvae revealed occurrence of Haemonchus spp. in the evaluated samples, allowing to conclude that the tested parts of this plant showed anthelmintic properties on the larval development of this important parasite.
Com o presente estudo, foi avaliada a eficácia in vitro de extratos vegetais de resíduos da bananicultura sobre a inibição do desenvolvimento larval de nematódeos gastrintestinais de ovinos. A técnica de coprocultura quantitativa e qualitativa foi empregada para avaliar a eficácia anti-helmíntica dos extratos aquosos de folhas, pseudocaules e corações de bananeiras da cultivar 'Prata Anã', nas concentrações 25, 75 e 150mg mL-1, em um delineamento inteiramente casualizado. Os resultados obtidos demonstraram que os três extratos, em concentrações iguais ou superiores a 75mg mL-1, reduziram significativamente (P 0,05) o desenvolvimento larval dos nematódeos, com eficácia acima de 96,9%. A identificação das larvas desenvolvidas revelou a ocorrência de Haemonchus spp. nas culturas avaliadas, permitindo concluir que as partes testadas da bananeira apresentam propriedades anti-helmínticas sobre o desenvolvimento larval desse importante parasito.
Biblioteca responsável: BR68.1