Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Aspectos clínicos e concentração sérica da creatina-quinase e lactato-desidrogenase em cães submetidos à fisioterapia após atrofia muscular induzida

Figueiredo de Souza, Soraia; Guilherme Padilha Filho, João; Maria Villamil Martins, Vera; de Almeida Belmonte, Emílio; Maria Zanetti, Nicole; Gustavo Gosuen Gonçalves Dias, Luis; Piva Maria, Bruna; Abrahão Anai, Letícia; José Miquelutti, David.
Ci. Rural; 41(7)2011.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-707319

Resumo

The response of different physiotherapeutic treatment protocols was evaluated in dogs after muscle atrophy induced by joint immobilization for 30 days. Groups were named C group or control, E group (massage, passive range of motion and neuromuscular electrical stimulation), H group (massage, passive range of motion and aquatic therapy in underwater treadmill) and EH group (massage, passive range of motion, neuromuscular electrical stimulation and aquatic therapy in underwater treadmill). It was measured the degree of lameness, range motion, thigh circumference and range of serum creatine kinase (CK) and lactate dehydrogenase (LDH). According to the results, it was possible to conclude that associated therapeutics modalities such as massage, passive range of motion of the joint, neuromuscular electrical stimulation and aquatic therapy by walking on underwater treadmill accelerate clinical recovery in dogs with induced muscle atrophy.
Avaliou-se a resposta de diferentes protocolos fisioterapêuticos em cães após a indução de atrofia muscular por meio da imobilização do joelho por 30 dias. Os grupos foram denominados grupo C ou controle, grupo E (massagem, movimentação passiva e eletroterapia), grupo H (massagem, movimentação passiva e hidroterapia em esteira aquática) e grupo EH (massagem, movimentação passiva, eletroterapia e hidroterapia em esteira aquática). Foram mensurados os graus de claudicação, arco do movimento, circunferência da coxa e a variação sérica das enzimas creatina-quinase e lactato-desidrogenase. De acordo com os resultados encontrados, foi possível concluir que as modalidades terapêuticas de massagem, movimentação passiva da articulação, estimulação elétrica neuromuscular e hidroterapia por caminhada em esteira aquática aceleram a recuperação clínica em cães com atrofia muscular induzida.
Biblioteca responsável: BR68.1