Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fatores prognósticos e preditivos dos tumores caninos definidos com auxílio da imuno-histoquímica

dos Santos) Horta, Rodrigo; de Pádua) Costa, Mariana; Eunice Lavalle, Gleidice; Baracat de) Araújo, Roberto; Dantas Cassali, Geovanni.
Ci. Rural; 42(6)2012.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-707817

Resumo

Immunohistochemistry can be applied in veterinary oncology to define the immunophenotype of neoplastic cells with unlimited possibilities of application. The technique is based on the identification of antigens "in situ", which may have prognostic and therapeutic value. Expression of estrogen and progesterone is directly related to better prognosis for breast cancer, while over-expression of receptor KIT (CD117) proteins Ki-67 (MIB-1), COX-2, VEGF and CD31 can be associated with tumor progression for several histological types. This association has a potential predictive value, due to the possibility of using specific blockers. This revision aims at presenting the possibilities of immunohistochemical's application in tumors of dogs, searching for a more precise definition of the prognosis and indication of specific treatments for each patient.
A imuno-histoquímica pode ser aplicada na oncologia veterinária para a definição do imunofenótipo neoplásico, com possibilidades ilimitadas de utilização. A técnica baseia-se na identificação de antígenos "in situ", que podem apresentar valor prognóstico e terapêutico. A expressão de receptores de estrógeno e progesterona está diretamente relacionada ao melhor prognóstico para os neoplasmas mamários, enquanto a super-expressão do receptor KIT (CD117), proteínas Ki-67 (MIB-1), VEGF, CD31 e COX-2 podem ser associados à progressão tumoral para vários tipos histológicos. Essa associação possui valor preditivo em potencial, tendo em vista a possibilidade da utilização de bloqueadores específicos. Esta revisão tem como objetivo apresentar as possibilidades da utilização da imuno-histoquímica nos tumores de cães, visando à definição mais precisa do prognóstico e a indicação de tratamentos específicos para cada paciente.
Biblioteca responsável: BR68.1