Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Pure-transvaginal natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) ovariohysterectomy in bitches: a preliminary feasibility study

Augusto Machado Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV)) Silva, Marco; Hélio Toniollo, Gilson; Christine de Freitas) Cardoso, Karym; Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV)) Quarterone, Carolina; Veloso) Brun, Maurício.
Ci. Rural; 42(7)2012.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-708066

Resumo

Natural orifice transluminal endoscopic surgery (NOTES) is a relatively new surgical access for minimally invasive surgery, which is being widely studied in human medicine. However, few studies focusing on its applicability in the small animal practice have been performed so far. The aim of the current study was to evaluate the feasibility of pure-NOTES transvaginal ovariohysterectomy in bitches. Five bitches were evaluated. The abdomen was accessed through an 11mm trocar inserted through a vaginal incision. Using a rigid endoscope with working channel, the ovarian pedicles were coagulated and sectioned using bipolar diathermy. The uterine horn was pulled into the trocar and exteriorized along with the cannula. The uterine body and vessels were coagulated or ligated. The uterine stump was replaced into the abdominal cavity and the pneumoperitoneum drained. Pure-NOTES OHE was successfully accomplished in four out of five bitches. In the first try, it was converted to a hybrid-NOTES technique due to instrument failure. Mean surgical time was 52.1 (SD±11.5 minutes) for the pure-NOTES technique. Pure-NOTES OHE is feasible in bitches, which may result in no major complications and excellent surgical recovery.
Cirurgia endoscópica por orifícios naturais (NOTES) constitui um acesso cirúrgico relativamente novo para abordagem minimamente invasiva, a qual vem sendo amplamente estudada na medicina humana. Porém, poucos estudos envolvendo sua aplicação na prática cirúrgica de pequenos animais foram realizados até o momento. O objetivo do presente estudo foi avaliar a factibilidade da ovário-histerectomia transvaginal por NOTES pura em cadelas. Cinco cadelas foram avaliadas. A cavidade abdominal foi acessada por um trocarte de 11mm introduzido por uma incisão vaginal. Empregando-se um endoscópio rígido com canal de trabalho, os pedículos ovarianos foram coagulados e seccionados usando-se diatermia bipolar. O corno uterino foi tracionado para o interior do trocarte e exteriorizado juntamente com a cânula. O corpo e vasos uterinos foram coagulados ou ligados com sutura. O coto uterino foi reposicionado na cavidade abdominal e o pneumoperitônio, drenado. O procedimento foi realizado com sucesso em quatro das cinco cadelas. Na primeira tentativa, houve conversão para uma técnica de NOTES-híbrida, devido à quebra de uma pinça de coagulação. O tempo cirúrgico médio foi 52,1 (DP±11,5 minutos) para a técnica de NOTES pura. A OHE por NOTES pura é factível em cadelas, sem resultar em complicações maiores e proporcionando excelente recuperação pós-operatória.
Biblioteca responsável: BR68.1