Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Caracterização histológica do desenvolvimento hepático em diferentes estágios embrionários de ratos

Cássio de Lima Centro de Ciências Agrárias (CCA)) Luna, Arthur; Carlin Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ)) Passos, Cristiane; Olivotti Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ)) Ferreira, Amanda; Angélica Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ)) Miglino, Maria; Romão Centro de Ciências Agrárias (CCA)) Guerra, Ricardo.
Ci. Rural; 43(6)2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-708359

Resumo

The rats have embryonic development similar to other domestic animals and human beings, thus a valid model for scientific studies. Among them, the F344 stands out for be isogenic, facilitating the reading of the results obtained because of their genetic homogeneity. Due to the lack of histological studies concerning hepatic development in rats, the present study aimed to characterize histologically for the first time the process of developing liver in the stages of gestation of E12.5 (12.5 days of gestation), E13.5, E14.5, E15.5 and E16.5 in rats F344. Five embryos of each embryonic stage were collected, fixed in Metacarn, embedded in Paraplast and then histological stains and histochemistry were performed. The hepatic bud of embryo among 12.5-14.5 days presented themselves a cluster of hepatoblasts still disorganized and surrounded by numerous nucleated blood precursor cells. It was observed that the hepatoblasts have a large nucleus basophilic with little cytoplasm. Sinusoids with erythroblasts and Kupffer cells also have been found. At 14.5 days it was observed the coexistence of hepatoblasts and hepatocytes. In the embryos with 15.5 days began the verify distinction between the cords of hepatocytes in formation limited by capillary sinusoids. Such cords began to converge for the present centrilobular veins. At 16.5 days the parenchymal architecture was nearer found in the adult liver, being the quantity of hepatocytes greater than hepatoblasts. During this gestation period the liver also had hematopoietic function. The study brings histologically the rats F344 hepatic development between 12.5-16.5 days, evidencing the cells that comprise each gestational period generating subsidies for future studies.
Os ratos apresentam desenvolvimento embrionário similar aos de animais domésticos e humanos, sendo assim um modelo válido para estudos científicos. Dentre eles, o F344 se destaca por ser uma linhagem isogênica, facilitando a leitura dos resultados obtidos, devido a sua homogeneidade gênica. Devido à falta de estudos histológicos acerca do desenvolvimento hepático em ratos, o presente estudo tem como objetivo caracterizar histologicamente pela primeira vez o processo de desenvolvimento hepático nos estágios embrionários de E12,5 (12,5 dias de gestação), E13,5, E14,5, E15,5 e E16,5 em ratos F344. Cinco embriões de cada estágio embrionário foram coletados, fixados em Metacarn, incluídos em paraplast e realizadas colorações histológicas e histoquímica. Os brotos hepáticos de embriões entre 12,5-14,5 dias apresentaram-se como aglomerados de hepatoblastos, ainda desorganizados e circundados por inúmeras células precursoras sanguíneas nucleadas. Observou-se que os hepatoblastos possuem um núcleo grande basofílico com pouco citoplasma. Sinusoides com eritroblastos e células de Kupffer também foram encontrados. Com 14,5 dias, foi observada a coexistência de hepatoblastos e hepatócitos, além de megacariócitos. Nos embriões com 15,5 dias, começou a verificar-se distinção entre os cordões de hepatócitos em formação, limitados pelos capilares sinusoides. Tais cordões começavam a confluir para as presentes veias centrolobulares. Com 16,5 dias, a arquitetura parenquimal estava mais próxima da encontrada em fígados adultos, sendo a quantidade de hepatócitos superior à de hepatoblastos. Nesse prazo gestacional, o fígado ainda tinha função hematopoiética. O estudo traz histologicamente o desenvolvimento hepático entre 12,5-16,5 dias de ratos da linhagem F344, evidenciando as células que compõem cada período gestacional, gerando subsídios para futuros estudos.
Biblioteca responsável: BR68.1