Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Atrofia progressiva generalizada da retina em cães da raça Cocker Spaniel

Gomes, Débora; Aya Otsuki, Denise; Lisak, Ricardo; de Mendonça Vaz Safatle, Angélica.
Ci. Rural; 43(8)2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-708410

Resumo

Generalized progressive retinal atrophy (GPRA) is a common disease in Cocker Spaniels dogs characterized by progressive loss of retinal function and disappearance of photoreceptors. The disease is bilateral, hereditary, autosomal recessive, has no sexual predisposition and is frequently associated with cataracts. According to molecular studies the degeneration occurs by a mutation in different genes. In American Cocker Spaniels dogs the disease is observed between three and five years of age and in English Cocker Spaniels between four and eight years old. The clinical signs are: nyctalopia, tapetal hyperreflexia and cataracts. The diagnosis is based on clinical history, ophthalmologic examination and complementary exams such as electroretinography, ocular ultrasound and genetic testing. This article aimed to conduct a review of literature on the generalized progressive retinal atrophy (GPRA) in Cocker Spaniel dogs with cataracts.
Atrofia progressiva generalizada da retina (APGR) é uma doença frequente nos cães da raça Cocker Spaniel, caracterizada pela perda progressiva da função retiniana externa e desaparecimento dos fotorreceptores. A doença é bilateral, hereditária, autossômica recessiva, sem predisposição sexual e está frequentemente associada à catarata. Segundo estudos moleculares, a degeneração ocorre por mutação de diversos genes. Nos cães da raça Cocker Spaniel Americano, a doença é observada entre três e cinco anos de idade e, no Cocker Spaniel Inglês, entre quatro e oito anos de idade. Os sinais clínicos mais encontrados são: nictalopia, hiperreflexia tapetal e catarata. O diagnóstico baseia-se no histórico clínico, exame oftalmológico e em exames complementares, como eletrorretinograma, testes genéticos e ultrassom ocular. Este artigo teve como objetivo realizar uma revisão de literatura a respeito da atrofia progressiva generalizada da retina (APGR) em cães da raça Cocker Spaniel portadores de catarata.
Biblioteca responsável: BR68.1