Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

In vitro establishment of Comanthera curralensis , "sempre viva" native of Chapada Diamantina - Bahia

Márcia Sampaio Albuquerque, Mara; Lima Brito, Alone; Priscila Piancó Santos Lima, Andressa; Freitas Matos Alvim, Bruno; Raniere Ferreira de Santana, José.
Ci. Rural; 46(6)2016.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-709631

Resumo

ABSTRACT: The goal of the present study was to evaluate the germination, initial growth, and in vitro co-cultivation of Comanthera curralensis Moldenke, a "sempre viva" native of the Chapada Diamantina state of Bahia. Full strength (MS) and half-strength MS (MS1/2) growth media supplemented with two different sucrose concentrations (15 and 30g L-1) were tested for germination and initial plant growth. Three different plant densities were tested by in vitro culture (8, 10 and 12 plants per container). MS1/2 medium with 15g L-1 sucrose resulted in a higher percentage of germination and plant growth for the in vitro establishment of C. curralensis. The use of 12 plants per container is indicated for cost reduction in C. curralensis in vitro production.
RESUMO: Este trabalho teve como objetivo avaliar a germinação, o crescimento inicial e o co-cultivo in vitro de Comanthera curralensis Moldenke, uma "sempre viva" nativa da Chapada Diamantina-BA. Para germinação e crescimento inicial, foram testados os meios de cultura MS completo e MS1/2 suplementados com duas concentrações de sacarose (15 e 30gL-1); no cultivo in vitro, foram testadas três quantidades de plantas por recipiente (8,10 e 12). A utilização do meio MS1/2 com 15gL-1 de sacarose proporcionou maiores porcentagem de germinação crescimento das plantas no estabelecimento in vitro de C. curralensis , e o uso de 12 plantas por recipiente é indicado para a redução de custos na produção in vitro da espécie.
Biblioteca responsável: BR68.1