Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Sugar cane silage replacing sorghum silage for lactating cows / Silagem de cana-de-açúcar em substituição a silagem de sorgo granífero para vacas leiteiras

Valvasori, Edison; de Sousa Lucci, Carlos; Lima Pires, Fernando; Rodrigues Pozzi Arcaro, Juliana; Arcaro Jr., Irineu.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 35(3): 139-142, 1998.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-710286

Resumo

Twelve Holstein and Schwyz lactating cows were used in a switch-back trial to evaluate the following silages corrected to a same nitrogen level by addiction of cottonseed meal, to supply the required nutrients for maintenance and production of the eight first kg of milk per cow by day, concentrate meals being used to supplement the milk produced above this level: Treatment A) grain sorghum silage; Treatment B) 50% grain sorghum silage and 50% sugar cane silage; Treatment C) sugar cane silage. Milk production per cow per day was respectively 12.9 kg, 12.3 kg and 11.8 kg and treatment A was superior to C (p 0.05). Total dry matter consumption by 100 kg of body live-weight (3.0kg, 3.0kg and 2.8kg), as the TDN consumptions (9.2kg, 8.8kg and 8.0kg) for treatments A,B and C respectively, presented no statistical differences. Twelve Ideal breed lambs were used to run an apparent digestibility trial with the same treatments applied to the lactating cows: the dry matter digestibility values were 54.4%, 56.8% and 52.0% respectively for A,B and C treatments, with no statistical differences among them.
Doze vacas Holandesas e Schwyz foram utilizadas em um delineamento switch-back para avaliar os tratamentos constituídos das seguintes silagens, corrigidas para um mesmo nível protéico pela adição de proporções diferentes de farelo de algodão, de forma a garantir os nutrientes necessários para a mantença das fêmeas e ainda para a produção dos primeiros 8 quilogramas de leite por animal e por dia, havendo suplementação de mistura concentrada para as quantias de leite secretadas superiores a oito quilogramas: Tratamento A) silagem de sorgo granífero; Tratamento B) 50% de silagem de sorgo granífero e 50% de silagem de cana-de-açúcar; Tratamento C) silagem de cana-de-açúcar. As produções de leite por animal e por dia foram respectivamente 12,9 kg, 12,3 kg e 11,8 kg, sendo o tratamento A, significativamente superior ao C (p 0,05). O consumo de matéria seca total por 100 kg de peso vivo (3,0 kg, 3,0 kg e 2,8 kg), bem como o de nutrientes digestíveis totais (9,2 kg, 8,8 kg e 8,0 kg), respectivamente para os tratamentos A, B e C, não foram estatisticamente diferentes. Doze ovinos da raça Ideal prestaram-se para realizar prova de digestibilidade aparente com os mesmos tratamentos aplicados às vacas em lactação: os valores encontrados para digestibilidade da matéria seca foram 54,4%; 56,8% e 52,0%; para os tratamentos A, B e C, não sendo consideradas as diferenças estatisticamente sign
Biblioteca responsável: BR68.1