Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The potentiating effect of chloramphenicol succinate in rat carrageenininduced acute pleurisy. Inhibition by indomethacin and dexamethasone / 0 efeito potenciador do succinato de cloranfenicol sobre a pleurisia aguda induzida pela carragenina. Inibição por indometacina e dexametasona

Rodini Engrácia de Moraes, Julieta; Ruas de Moraes, Flávio; Henrique Bechara, Gervásio.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 33(1): 11-14, 1996.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-710589

Resumo

The effect of indomethacin and dexamethasone on PMN cell migration was studied in relation to chloramphenicol in the pleural cavity of rats, 4 hours after local injection of carrageenin or dextran. Pre-treatment of rats with chloramphenicol succinate (30mg/kg), ip, every 12h, during 4 days, potentiated the migration of PMN leucocytes to the inflamed cavity, when carrageenin (150mcg) was used as an irritant. However, responses to dextran (100mcg) remained the same. Chloramphenicol pre-treated rats that received indomethacin (2mg/kg, per os, 30min before carrageenin) or dexamethasone (0.25mg/kg, ip, 30min before carrageenin) showed inhibition of potentiated cellular responses. Mechanisms of the potentiating effect of chloramphenicol on the acute carrageenin-induced inflammation remains unclear.
Neste trabalho estudaram-se os efeitos da indometacina e dexametasona sobre a migração das células polimorfonucleares (PMN), produzida pelo cloranfenicol 4h após a aplicação intrapleural de carragenina ou dextrano. Demonstrou-se que o pré-tratamento de ratos com cloranfenicol (30mg/kg, ip, a cada 12h, por 4 dias) potenciou a migração de PMN para a cavidade inflamada, quando a carragenina (150mg) foi utilizada como estímulo inflamatório, enquanto a resposta ao dextrano (100mcg) não se alterou, em comparação com animais não tratados com o antibiótico. Ratos que receberam cloranfenicol e foram tratados com indometacina (2,0mg/kg, per os, 30 min antes da aplicação de carragenina) ou dexametasona (0,25mg/kg, ip, 30 min antes da aplicação de carragenina) apresentaram inibição das respostas celulares potenciadas. O mecanismo pelo qual o cloranfenicol produz aumento da resposta inflamatória permanece obscuro.
Biblioteca responsável: BR68.1