Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Laparoscopic study of horse abdominal viscera by ventral midline approach / Estudo laparoscópico dos órgãos abdominais do eqüino por abordagem mediana ventral

Cláudio Lopes Correia da Silva, Luís; Gandolfi, Waldir; de Alvarenga, José; Tabachi Fantoni, Denise.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 34(4): 211-217, 1997.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-710612

Resumo

This study describes the anatomotopographic position of horse abdominal viscera using laparoscopy. Three differents approaches were used: retroxiphoid, preumbilical and retroumbilical. Fifty one laparoscopic examinations were performed in 11 geldings and 6 males of differents breeds, and ages ranging from 18 months old to 24 years old. The animals were positioned in dorsal recumbency under general anesthesia. Pneumoperitonium was produced using air for a better visualization of theabdominal cavity. This procedure allowed the examination of the diaphragma, stomach, epiplon, liver, spleen, cecum, large colon, small colon, small intestine, urinary bladder, uterus and inguinal rings. This is a safe method to evaluate abdominal cavity and complement the usual procedures in horse diagnostic laparoscopy.
O presente trabalho descreve a disposição topográfica das vísceras abdominais do eqüino por via laparoscópica, com abordagem mediana ventral, em 3 diferentes vias de acesso: retroxifóide, pré-umbilical e retro-umbilical. Foram realizados 51 exames laparoscópicos, utilizando-se 17 eqüinos, sendo 11 machos e 6 fêmeas, de diferentes raças e idade variando de 18 meses a 24 anos, submetidos a jejum alimentar de 36 horas e hídrico de 12 horas. Os animais foram sedados com acepromazina e para indução ã anestesia foram utilizados éter gliceril guaiacólico, midazolan e cloridrato de quetamina. A manutenção da anestesia foi feita por via inalatória com halotano. Durante o procedimento os animais foram mantidos em decúbito dorsal. Com intuito de melhor observação dos órgãos instaurou-se pneumoperitônio com ar ambiente. Tal abordagem permitiu a observação da cúpula diafragmática, centro frênico, estômago, epiploon, lobos hepáticos, baço, ceco, váriossegmentos do cólon maior, cólon menor e intestino delgado, bexiga, útero e anéis ingüinais. Não ocorrera complicações durante os períodos pré, trans e pós-operatórios, demonstrando ser um método seguro de avaliação da cavidade peritoneal, vindo a ser complementar às abordagens já descritas na literatura para laparoscopia diagnostica em eqüinos.
Biblioteca responsável: BR68.1