Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fatores antinutricionais e coeficientes de digestibilidade aparente da proteína de produtos de soja para o pacu (Piaractus mesopotamicus) / Anti-nutritional factors and protein apparent digestibility coefficients of soybeans sources to pacu (Piaractus mesopotamicus)

Stech, Marcia Regina; Carneiro, Dalton José; Carvalho, Maria Regina Barbieri de.
Acta Sci. Anim. Sci.; 32(3): 255-262, July-Sept. 2010. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-7107

Resumo

Este estudo teve como objetivo determinar as atividades dos inibidores de tripsina, hemaglutinante e teores de taninos no farelo de soja e na soja crua e processada, e avaliar o coeficiente de digestibilidade aparente da fração proteica para juvenis de pacu. Oscoeficientes de digestibilidade aparente da proteína da soja crua, extrusada, tostada e macerada foram determinadas usando óxido de cromo (0,5%) como marcador. Foi elaborada dieta de referência com 26% de proteína bruta e 4.352 kcal kg-1, e a cada alimentoavaliado foram substituídas 30% da dieta-teste. As fezes foram coletadas por pressão abdominal. Todos os produtos analisados apresentaram fatores antinutricionais, mas foiobservada menor atividade de inibidor de tripsina no farelo de soja. Sojas que receberam tratamento térmico apresentaram os melhores coeficientes de digestibilidade e menoresvalores de atividade hemaglutinante do que a soja crua. Não foram observados efeitos dos inibidores de tripsina e taninos sobre o coeficiente de digestibilidade da proteína, mas foiobservada relação negativa entre os teores de hemaglutinina com a digestibilidade da proteína bruta. Para a alimentação do pacu recomenda-se a utilização do farelo de soja e dasoja processada por extrusão ou tostada.(AU)
This study aimed to determine theactivities of trypsin inhibitors, hemagglutinant and tannin levels in soybean meal and in raw andprocessed soy, as well evaluate the protein apparent digestibility coefficient for pacu juveniles. The apparent coefficients of raw, extruded, toasted and milled soy were determined usingchromium oxide (0.5%) as marker. A reference diet was created with 26% crude protein and 4,352 kcal kg-1, with each feed containing 30% of the test diet. Feces were collected by abdominalpressure. All analyzed products presented anti-nutritional factors, but the lowest trypsin inhibitoractivity was observed in soybean meal. Soy that received thermal treatment presented better digestibility coefficients and lower hemagglutinating activity values than raw soy. No effects of trypsin and tannin inhibitor were observed on the protein digestibility coefficient, but a negative relationship was observed between hemagglutinin levels and protein digestibility coefficient. The use of soybean meal and extruded or toasted soy is recommended for pacu feeding.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1