Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Evaluation of an oil emulsified vaccine against bovine colibacillosis using semi-purified K99-F41 adhesins / Avaliação de uma vacina oleosa contra a colibacilose bovina utilizando os antígenos K99-F41 semipurificados

Garcia, Marcina; da Silva Leite, Domingos; Yano, Tomomasa; Fernando Pestana de Castro, Antonio; Aparecida Moreira Shenk, Maria.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 31(3-4): 225-232, 1994.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-710802

Resumo

The K99 and F41 fimbrial antigens were extracted from Escherichia coli B41 strain by heating, and semi-purified by precipitation with ammonium sulfate and treatment with sodium desoxicolate (DOC). The semi-purified antigens K99 and F4I were used to prepare an oil emulsified vaccine against bovine colibacillosis. The vaccine was made up containing in each dose 1,500, 750 or 380 HU (Haemagglutinating Units). The test of the vaccine efficiency was measured by gel immunodiffusion and ELISA test. Challenge of calves from vaccinated and control cows was carried out with the virulent Escherichia coli B4I. Our findings suggested that 750 HU vaccine, induces better production of anti-K99-F4l antibodies in vaccinated cows, and the transference of these antibodies to calves through the colostrum, gave full protection to challenge. Furthermore no adverse effects were observed in any of the vaccinated cows.
Os antígenos K99-F41 foram extraídos da amostra de Escherichia coli B41 por aquecimento e semi-purificados pela precipitação com sulfato de amônio e tratamento com desoxicolato de sódio (DOC). Os antígenos semi-purificados foram utilizados na produção de uma vacina oleosa contra a colibacilose bovina. Foram preparadas vacinas contendo em cada dose 1.500 HU (Unidades Hemaglutinantes), 750 HU e 380 HU. A eficiência da vacina foi avaliada através do ensaio de imunodifusão dupla, ensaio imunoenzimático (ELISA) e por um desafio, em que a amostra de Escherichia coli virulenta foi inoculada nos bezerros nascidos de vacas vacinadas e não vacinadas. Observamos que a vacina contendo 750 HU foi a que melhor induziu a produção de anticorpos nas vacas vacinadas, e que estes mostraram-se protetores, uma vez que os bezerros nascidos de vacas vacinadas e que mamaram o colostro, nada sofreram no desafio. Não se verificou nenhum efeito colateral nas vacas vacinadas.
Biblioteca responsável: BR68.1