Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

ENSAIOS DE LIBERAÇÃO IN VITRO DE PROGESTERONA A PARTIR DE MATRIZES DE COL?GENO ANIÔNICO

Aloísio Scalla Vulcani, Valcinir; nas, Anas, Anas, Anas, Ana.
Vet. Not.; 12(2)2006.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-711506

Resumo

Foram obtidas matrizes de colágeno aniônico para serem submetidas a ensaios de liberação in vitro de progesterona em tampão fosfato (PBS), a fim de se avaliar sua potencialidade de aplicação em medicina veterinária, especificamente na sincronização do ciclo estral de fêmeas economicamente exploráveis. As matrizes foram caracterizadas por espectroscopia na região do infravermelho; estabilidade térmica; capacidade de hidratação por tampão PBS; microscopia eletrônica de varredura e estabilidade biológica. Observou-se que a presença de progesterona nas matrizes de colágeno não alterou a capacidade de hidratação por tampão, aumentou a resistência frente à degradação enzimática e diminuiu a temperatura de degradação do colágeno. Os ensaios de liberação mostraram que a incorporação a 5% (m/m) liberam mais rapidamente que a incorporação a 10%, sugerindo a dispersão do hormônio nas matrizes colagênicas, segundo uma cinética de liberação de primeira ordem e perfil de difusão anômala. Os resultados obtidos apontaram que o colágeno é um biopolímero promissor para o desenvolvimento de matrizes de liberação de progesterona.
Biblioteca responsável: BR68.1