Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efficacy of aqueous extract of Terminalia catappa in tambaqui juveniles parasitized by monogenea and, protozoan / Eficácia do extrato aquoso de "Terminalia catappa" em juvenis de tambaqui parasitados por monogenéticos e protozoários

da Silva Claudiano, Gustavo; Dias Neto, José; Sakabe, Róberson; da Cruz, Claudinei; Salvador, Rogério; Pilarski, Fabiana.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-711881

Resumo

This study evaluated the efficacy of the aqueous extract of dry Terminalia catappa leaves in juveniles of tambaqui parasited by monogenean and Ichthyophthirius multifiliis and Piscinoodinium pillulare protozoan. Fifty six fish, naturally infested were treated with 40, 80 and 120 ml of extract/L of water. After seven days of exposure to the extract, the fish treated with the highest concentration presented significant decrease of monogenean and P. pillulare number in the mucus and in the gills. However, the extract was not effective against the protozoan I. multifiliis in any tested concentration. The study concludes that the aqueous extract of dry T. catappa, at the concentration of 120 ml/L, was effective against the monogenean and P. pillulare protozoa of juveniles of tambaqui, however it does not produce the same effect against the I. multifiliis protozoan.
O objetivo com o trabalho foi avaliar a eficácia do extrato aquoso de folhas secas de Terminalia catappa em juvenis de tambaqui parasitados por monogenéticos e pelos protozoários Ichthyophthirius multifiliis e Piscinoodinium pillulare. Cinqüenta e seis peixes, naturalmente infestados pelos parasitos acima descritos, foram submetidos a banhos em soluções contendo 40, 80 e 120 ml de extrato /L de água. Após sete dias de exposição ao extrato, os peixes tratados com a concentração mais alta apresentaram redução significativa do número de monogenéticos e de P. pillulare, tanto no muco quanto nas brânquias. Entretanto, o extrato não foi eficaz nos peixes infestados com o protozoário I. multifiliis, nas concentrações testadas. Conclui-se assim, que o extrato aquoso de folhas secas de T. catappa na concentração de 120 ml/L, é eficaz no controle de monogenéticos e do protozoário P. pillulare em juvenis de tambaqui, todavia, não produz o mesmo efeito contra o protozoário I. multifiliis.
Biblioteca responsável: BR68.1