Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Nutrient extraction by Marandu-grass phytomass under doses and nitrogen sources / Extração de nutrientes pela fitomassa do capim-marandu sob doses e fontes de nitrogênio

Aparecida de Pinho Costa, Kátia; Faquin, Valdemar; Pereira de Oliveira, Itamar; da Costa Severiano, Eduardo; André Simon, Gustavo; Sousa Carrijo, Murilo.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-711913

Resumo

The research was carried through objecting to evaluate the nutrient extraction of marandu - grass phytomass, under doses and sources of nitrogen during three year period. The experiment was lead from July of 2003 to March of 2006 at the Model Farm of the UEG in a 882 m2 area. The pasture already had been established more than ten years with low fodder production. The used experimental delineation was a randomized block-type with subdivided parcels for the time, with three repetitions. Two nitrogen sources (ammonium sulfate and urea) and four nitrogen doses (0, 100, 200 and 300 kg ha-1.year-1) in a 2 x 4 factorial schem were used. In each one of the years, three cuts of forage plant evaluation had been carried through. The maximum doses of nitrogen have provided greater nutrient extractions. The second year evaluation and the ammonium sulfate source had been responsible for extracting higher nutrient amounts. The decreasing order of nutrient extraction for marandu - grass, in relation to the maximum doses of nitrogen was: macronutrients: K > N > Ca > Mg > P = S and micronutrients: Fe > Mn > Zn > Cu.
O trabalho foi realizado com objetivo de avaliar a extração de nutrientes pela fitomassa do capim-marandu, sob doses e fontes de nitrogênio, por um período de três anos. O experimento foi conduzido de julho de 2003 a março de 2006 na Fazenda Modelo da Universidade de Goiás, numa área de 882 m2. A pastagem já se encontrava estabelecida há mais de dez anos, com baixa produção de forragem. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com parcelas subdivididas no tempo, com três repetições. Foi utilizado o esquema fatorial 2 x 4, sendo, duas fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e uréia) e quatro doses de nitrogênio (0, 100, 200 e 300 kg ha-1 ano-1). Em cada um dos anos, foram realizados três cortes de avaliação da planta forrageira. As doses máximas de nitrogênio proporcionaram maiores extrações de nutrientes. O segundo ano de avaliação e a fonte de sulfato de amônio foram responsáveis por extraírem maiores quantidades de nutrientes. A ordem decrescente de extração de nutrientes para o capim-marandu, em relação às doses máximas de nitrogênio foi: macronutrientes: K > N > Ca > Mg > P = S e micronutrientes: Fe > Mn > Zn > Cu.
Biblioteca responsável: BR68.1