Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Anestesia em cães utilizando éter glicerol guaiacol, quetamina e fentanil em infusão contínua intravenosa

Augusto Ferreira Vieira, Fernando; Pacca Loreiro Luna, Stélio; Losano Cruz, Mariangela; Bastos Castro, Gladys; Massone, Flávio.
R. bras. Ci. Vet.; 3(2)1996.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-712359

Resumo

Onze cães, sem raça definida, receberam como medicaçãopré-anestésica a anestesia induzida e mantida porinfusão contínua intravenosa de quetamina e fentanil emsolução de éter gliceril guaiacol a 5% em glicose a 5%,através de bomba de infusão. Em seis animais forammensuradas freqüência cardíaca e respiratória,ventilometria (volume corrente e volume minuto), pressãoarterial (sistólica, média e diastólica), temperaturaretal, hemogasometria arterial, saturação de 02 nahemogoblina, anion residual, osmolalidade sérica, concentraçãosérica total de 0 2 , hematócrito, hemoglobina,glicose e eletrólitos. Avaliou-se também a analgesia atravésde pinçamento da pele da região glabra. Em outrogrupo de cinco animais, onde foram realizadas três ovários-salpingo-histerectomias e duas osteossínteses, forammensuradas a freqüência cardíaca e respiratória e arespostaao estímulo cirúrgico. Em ambos os grupos observou-se, principalmente, depressão respiratória dose-dependente,agravada com o uso de velocidade de infusãoelevada, no caso de manobras cirúrgicas muito cruentas,como manipulação de periósteo.
Biblioteca responsável: BR68.1