Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação dos efeitos do flunixim meglumine sobre a concentração sérica de progesterona e ciclo estral em novilhas e vacas mestiças

Pinto Neto, Adalgiza; Mendes de Lucca, Fabiano; Alberton, Jeferson; Falci Mota, Marcelo; Lucacin, Eduardo; Maia Borges, Alan; Acco, Alexandra; Ferreira da Fonseca, Jeferson; Monteiro Silva Filho, José; Vieira da Silva, Aristeu; Zandonardi Brandão, Felipe.
R. bras. Ci. Vet.; 15(1)2008.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-712570

Resumo

Baseando-se nos mecanismos de interrupção da síntese de PGF2a em bovinos, objetivou-se com este estudo avaliar osefeitos do flunixin meglumine (FM) sobre o comprimento do ciclo estral e sobre os níveis de progesterona, em novilhas e vacasmestiças. Após sincronização dos estros, os animais foram divididos em grupos: controle (cinco vacas e quatro novilhas) etratado (seis vacas e seis novilhas), sendo submetidos à colheita diária de sangue, até o estro subseqüente. Do 13o ao 18o dia,aplicou-se nos animais do grupo tratado 1,65 mg/kg intramuscular de FM, e nos do grupo controle, mesmo volume de soluçãofisiológica. A determinação da concentração sérica de progesterona foi realizada por RIA. Os resultados do comprimento dociclo estral foram comparados entre os grupos e entre animais, pelo teste t de Student, enquanto a concentração de progesteronafoi normalizada em relação à luteólise, e analisada entre os grupos pelo teste t de Tukey (SAS). Não se observou diferença(P>0,05) no comprimento do ciclo estral entre grupos e entre novilhas e vacas, tratadas e não tratadas. O dia do ciclo estral emrelação à concentração de progesterona máxima e inferior a 1,0ng/mL, e a concentração sérica de progesterona entre osanimais do grupo controle e tratado, também foram semelhantes entre os grupos (P>0,05). No entanto, observou-se diferença(P 0,05) na curva que evidencia a queda da proges
Biblioteca responsável: BR68.1