Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

EFFECT OF THE ENZYME PHYTASE ADDITION ON DIETS FOR BROILER CHICKEN WITH REDUCTION THE LEVELS OF PHOSPHORUS IN THE DIFFERENT PHASES OF CREATION / EFEITO DA ADIÇÃO DA ENZIMA FITASE EM RAÇÕES PARA FRANGOS DE CORTE COM REDUÇÃO DOS NÍVEIS DE FÓSFORO NAS DIFERENTES FASES DE CRIAÇÃO

Carlos de Laurentiz, Antonio; Mack Junqueira, Otto; da Silva Filardi, Rosemeire; Assuena, Vinícius; Maria Casartelli, Elenice; da Costa, Ramiro.
Ci. Anim. bras.; 8(2): 207-216, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-712945

Resumo

Four hundred one-day-old male chicks were distributed at random in four treatments, with four repetitions of 25 birds per treatment. Treatments were constituted by different levels of available phosphorus (Pd) on different phases. In the control treatment (T1), the levels of Pd in the initial, growth and final phases were 0.45; 0.41 and 0.38%, respectively. In the treatments 2, 3 and 4 the reductions occurred respectively, in the final phase (0.14%Pd), in the growth and final phases (0.17 and 0.14%Pd), and in all phases (0.21; 0.17 and 0.14%Pd). When reduction of Pd levels occurred in the different phases, diets were supplemented with the phytase enzyme (500 FTU/kg of diet). In the different phases of production the reduction of Pd levels, using phytase, had effect upon the performance, the poultry litter and bone characteristics. In the growth phase, the reduction of Pd level from 0.41 to 0.17%, using phytase worsened feed conversion and the productivity efficiency index. However, on the final phase the reduction of Pd level from 0.38 to 0.14% with the inclusion of phytase, established similar performance and bone characteristics to the control treatment. KEY-WORDS: Coefficient of residue, performance, poultry litter.
Quatrocentos pintos de corte machos, com um dia de idade, foram distribuídos ao acaso em quatro tratamentos, sendo quatro repetições de 25 aves por tratamento. Constituíram-se os tratamentos por diferentes níveis de fósforo disponível (Pd) nas diferentes fases. No tratamento-controle (T1) os níveis de Pd na fase inicial, crescimento e final foram de 0,45%; 0,41% e 0,38%, respectivamente. Nos tratamentos 2, 3 e 4, as reduções ocorreram, respectivamente, na fase final (0,14% Pd), nas fases de crescimento e final (0,17% e 0,14% Pd) e em todas as fases (0,21%; 0,17% e 0,14% Pd). Quando ocorreu a redução dos níveis de Pd nas diferentes fases, suplementaram-se as rações com a enzima fitase (500 FTU/kg de ração). Nas diferentes fases de criação, a redução do teor de Pd, com a utilização da enzima fitase, teve efeito sobre o desempenho, as características da cama e os ossos. Na fase de crescimento, a redução no nível de Pd de 0,41% para 0,17%, com a utilização de fitase, piorou a conversão alimentar e o índice de eficiência de produtividade. Entretanto, na fase final a redução do nível de Pd de 0,38% para 0,14%, com a inclusão de fitase, determinou o desempenho e as características ósseas semelhantes ao tratamento-controle. PALAVRAS-CHAVES: Cama de frango, coeficiente de resíduo, desempenho.
Biblioteca responsável: BR68.1