Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

ALTERNATIVES TO THE USE OF ANTIBIOTIC GROWTH PROMOTERS FOR BROILER CHICKENS: 2. ORGANIC ACIDS AND PROBIOTICS / ALTERNATIVAS AO USO DE ANTIBIÓTICOS COMO PROMOTORES DE CRESCIMENTO PARA FRANGOS DE CORTE: 2. ÁCIDOS ORGÂNICOS E PROBIÓTICOS

Emygdio de Faria, Douglas; Paula Ferreira Henrique, Ana; Franzolin Neto, Raul; Aparecida Medeiros, Alessandra; Mack Junqueira, Otto; Emygdio de Faria Filho, Daniel.
Ci. Anim. bras.; 10(1): 29-39, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-713398

Resumo

An experiment was conducted to evaluate the effects of organic acids, antibiotic, probiotic and their combination on performance, carcass yield, and pH of some parts of crop, duodenum and ceca, and of the diets of broiler chickens. Also, the experiment aimed to verify the probiotic sensibility to the antibiotic and the coccidiostatic utilized. Fourteen hundred and forty one-day-old male chicks, Hubbard, were randomly distributed in a 3 x 3 factorial design: additives in the diet (without antibiotic, avoparcin, and probiotic composed by Streptococcus faecium, Lactobacillus acidophilus and Saccharomyces cerevisiae) and organic acids in the diet (without organic acids, fumaric acid, and propionic+formic acid), totaling nine treatments with four replicates of 40 birds each. It was verified that the microorganisms Streptococcus faecium and Lactobacillus acidophilus were sensible to avoparcin in the concentration wich was employed in the diets. However, the presence of sodic monensine did not inhibit the growth, in vitro, of the probiotics microorganisms. Organic acids, antibiotic, probiotic or their combinations did not affect the performance, carcass yield, and the pH of the crop, duodenum and cecum in relation to the control diet. Nevertheless, the fumaric acid promoted a reduction in the pH of the diet, and might contribute to an inhibition of the growth of undesirable microorga
Desenvolveu-se um experimento para avaliar os efeitos de ácidos orgânicos, antibiótico, probiótico e suas combinações sobre o desempenho, rendimento de carcaça e pH de papo, duodeno e ceco e das rações de frangos de corte. Além disso, o experimento objetivou verificar a sensibilidade do probiótico ao antibiótico e ao agente anticoccidiano utilizados. Empregaram-se 1.440 pintos com um dia de idade, machos, da linhagem Hubbard, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 x 3, com os fatores: aditivos na ração (sem antibiótico, avoparcina e probiótico composto por Streptococcus faecium, Lactobacillus acidophilus e Saccharomyces cerevisiae) e ácidos orgânicos na ração (sem ácido orgânico, ácido fumárico e ácido propiônico+fórmico), totalizando nove tratamentos com quatro repetições de quarenta aves cada. Observou-se que os microorganismos Streptococcus faecium e Lactobacillus acidophilus foram sensíveis à avoparcina na concentração em que se empregou nas rações. No entanto, a presença de monensina sódica (anticoccidiano) não inibiu o crescimento, in vitro, dos microrganismos presentes no probiótico. Os ácidos orgânicos, o antibiótico, o probiótico ou suas combinações não alteraram o desempenho, rendimento de carcaça e o pH do papo, duodeno e ceco em relação à dieta-controle. Contudo, o ácido fumárico promoveu redução do pH da ração, podendo contri
Biblioteca responsável: BR68.1