Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

RESPONSES TO INCREMENTAL EXERCISE IN EQUINE: CHANGES IN GLUCOSE, INSULIN AND LACTATE / RESPOSTAS AO EXERCÍCIO DE INTENSIDADE CRESCENTE EM EQÜINOS: ALTERAÇÕES NA GLICOSE, INSULINA E LACTATO

Camargo Ferraz, Guilherme; Raphael Teixeira-Neto, Antonio; Correa Lacerda-Neto, José; Queiroz-Neto, Antonio.
Ci. Anim. bras.; 10(4): 1332-1338, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-713720

Resumo

It was studied the intense exercise effects on plasmatic glucose, plasmatic insulin and blood lactate from Purebred Arabian horses. Twenty four trained horses were submitted to incremental exercise test on treadmill. Therefore, after warm up (4 min./4.0 m.s-1) the treadmill was sloped (10%) and the speed gradually increased at intervals of 2 minutes to  6, 8 e 10 m.s-1. After maximum effort, it was performed the deceleration to 3.0 m.s-1, for 20 minutes, which corresponds to the period of active warm down. Blood samples were taken from the animals at these different times, glucose, insulin and lactate were analyzed. Results show that significant difference (P? 0.05) was obtained from the rest. The glucose was found to be statistically constant at all steps of the exercise, reaching high levels (p? 0.05) at period of warm down and the a insulin was decreased with the exercise. Blood lactate also increase levels (p? 0.05) in relation to incremental of effort intensity. It is possible to conclude that sympathic neural activity plays major role in alterations of the physiological variables analyzed during intense exercise.KEY WORDS: Equine, exercise, glucose, insulin, lactate.
Objetivou-se estudar os efeitos do exercício intenso sobre a glicose e insulina plasmáticas e o lactato sanguíneo de equinos da raça Puro Sangue Árabe (PSA). Utilizaram-se 24 equinos, treinados, que foram submetidos a exercício-teste de intensidade crescente em esteira rolante. Para tanto, após aquecimento por quatro minutos a 4,0 m.s-1, a esteira foi inclinada (10%) e a velocidade gradativamente aumentada, a intervalos de dois minutos, para 6, 8 e 10 m.s-1. A partir dessa etapa de esforço máximo, procedeu-se à desaceleração, retomando a velocidade para 3,0 m.s-1, por vinte minutos, que correspondeu ao período de desaquecimento ativo. Os resultados mostraram que houve variação significativa (P? 0,05), a partir do repouso. A glicemia manteve-se constante em todas as etapas na fase de exercício, elevando-se significativamente na fase de desaquecimento, e a insulinemia foi reduzida com o exercício. A lactacidemia mostrou evidente aumento em relação ao incremento da intensidade de esforço. Concluiu-se que a atividade neural simpática é a maior responsável pelas alterações em variáveis fisiológicas durante o exercício intenso.PALAVRAS-CHAVES: Equinos, exercício, glicose, insulina, lactato.
Biblioteca responsável: BR68.1